Campanha dirigida à comunidade LGBTI tem o apoio do Turismo de Portugal

  • Print Icon

A primeira campanha a pensar na comunidade LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo) tem o selo da empresa algarvia KOBU Agency e o apoio do Turismo de Portugal.

«Afinal, a melhor maneira de viajar é sentir». Foi deste verso de Álvaro de Campos heterónimo de Fernando Pessoa, que surgiu o conceito por detrás da nova campanha da Variações, Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal, com o apoio do Turismo de Portugal, que visa promover o país como destino turístico de referência para a comunidade LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo).

Ao longo dos últimos nove meses, a KOBU Agency foi responsável pela criação da mais recente campanha do Turismo de Portugal, enquadrada no projeto Proudly Portugal, uma iniciativa da Variações – LGBTI Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal.

Intitulada «Portugal. Travel to Feel» (Portugal. Viajar para Sentir), a campanha apresenta Portugal como um destino turístico LGBTI-friendly de referência, promovendo o país no mundo, junto da comunidade LGBTI.

Mercado de Loulé.

«Estimamos que em Portugal o segmento de turistas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo movimente 2 mil milhões de euros por ano, com base nos números da Organização Mundial de Turismo. Em 2018, o nosso país recebeu dois milhões de turistas LGBTI», explica Diogo Vieira da Silva, porta-voz da Variações – Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal.

A campanha reflete um Portugal avançado no que toca à proteção legal dos direitos das pessoas LGBTI mas, acima de tudo, um pais reconhecido pela qualidade da sua oferta turística diversificada: desde viagens para família, à tendência das viagens a solo, à descoberta de cidades vibrantes e locais que transpiram história, onde o amor é reconhecido.

Apesar de ainda existir caminho a percorrer, no início de 2019, Portugal foi nomeado como o destino mais gay friendly pelo Spartacus Gay Travel Index.

E também dos países mais seguros para os viajantes LGBTI, segundo o ranking do site de viagens Asher & Lyric.

Esta campanha surge assim numa altura ideal para posicionar o pais junto deste segmento de mercado diversificado, que viaja cinco vezes mais e com padrões de consumo acima da média, que valoriza a segurança e os destinos para LGBTI, procurando expandir horizontes e criar experiências memoráveis.

«Quanto iniciámos o projeto com a Variações, concluímos que a melhor forma de abordar a campanha seria através dos viajantes LGBTI que já passam por Portugal e tentar compreender qual a perceção que têm do nosso país. Através de ferramentas de social media listening e entrevistas, falámos com turistas de mais de 60 países, o que, além de nos informar estrategicamente para a campanha, nos permitiu recolher e partilhar user-generated content que alimenta já as redes sociais do projeto», explica Nuno Tenazinha, CEO na KOBU Agency, com sede em Faro.

Museu Municipal de Faro.

O projeto Proudly Portugal e respetiva campanha «Portugal. Travel to Feel» misturam simbologia visual associada à comunidade LGBTI, como o fluxo arco-íris que percorre monumentos do país num vídeo promocional, com variadas influências portuguesas, desde o logotipo do projeto com influências cubistas de Amadeo de Souza Cardoso, passando pela cor rosa que vive em imensos edifícios portugueses até ao nome da campanha.

O vídeo principal da campanha apresenta vários personagens, de diversas faixas etárias, representantes de segmentos e perfis de viajantes da comunidade LGBTI, e foi gravado entre junho e julho, em Lisboa, Porto, Peniche, Faro, Quinta do Lago e Loulé.

O lançamento da campanha ocorreu no dia 26 de novembro de 2019 e ocupará os canais digitais do projeto ao longo dos próximos meses.

Além de todo o conteúdo presente a nível de redes sociais e website, a campanha incluirá ainda publicidade digital e em revistas digitais da especialidade assim como publicidade em catálogos e revistas internacionais, com a Variações a marcar presença com stands em feiras de turismo.

Em janeiro de 2020, participarão já, pela primeira vez, na secção LGBTI da Fitur em Madrid.

A KOBU Agency, sediada em Faro, no Algarve, conta já com cinco anos de existência e apresenta-se como um «Laboratório de Design e Experiências Digitais».

«Ao longo dos últimos anos temos vindo a afirmar consistentemente a nossa presença na área criativa e digital. Com uma carteira de clientes e portfólio bastante diversificados, a KOBU pretende manter a sua tendência de crescimento e continuar a desenvolver parcerias criativas assentes em relações transparentes e duradouras», acrescenta Nuno Tenazinha.

Quinta do Lago.

A VARIAÇÕES – Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal foi fundada em 2018 e reúne mais de 60 empresas sobre a forma de associação empresarial sem fins lucrativos que apoia o empoderamento económico da comunidade LGBTI em Portugal.

«A grande maioria dos nossos associados consistem em negócios que são propriedade e/ou geridos por pessoas LGBTI ou com foco para este público. São maioritariamente pequenas e médias empresas que trabalham para estabelecer Portugal como um dos principais destinos LGBTI para viver, viajar e investir», conclui Diogo Vieira da Silva.