FC Porto B impõe primeira derrota do campeonato ao Farense (1-3)

  • Print Icon

Conjunto algarvio não teve arte nem engenho para contrariar o bom jogo dos azuis e brancos, mostrando vários momentos de desconcentração nesta partida da segunda jornada da LigaPro.

O Farense entrou mais pressionante, a tentar algumas incursões rápidas pelas alas, mas o FC Porto B mostrou-se bastante organizado e até tomou conta das operações após o maior fulgor inicial algarvio, com muitos jovens no 11 que disputaram a pré-época com o plantel principal dos azuis e brancos.

O primeiro remate perigo foi dos nortenhos: Sousa, aos 16 minutos, atirou em arco desde a entrada da área, e a bola nem passou muito longe da baliza algarvia. Aos 23 minutos, foi Madi Queta a repetir a fórmula, com o mesmo desfecho – um remate perigoso, de fora da área, a assustar Hugo Marques.

O primeiro sinal de perigo do Farense foi dado aos 32 minutos, numa jogada que gerou grande confusão na área dos forasteiros. No entanto, Mayambela não conseguiu desviar a bola para a baliza.

Mas o Porto B acabou por chegar ao golo aos 42 minutos – a aproveitar um cruzamento pela direita, Rodrigo Valente, completamente solto na pequena área farense, atirou sem dificuldade para o golo.

Os homens da casa ainda podiam ter empatado antes do intervalo, quando Mayambela, aos 44 minutos, surgiu na cara de Mouhamed, permitindo a defesa ao guardião dos azuis e brancos.

As equipas desceram aos balneários com um resultado que se ajustava aos acontecimentos da etapa regulamentar, onde o Farense mostrou grandes dificuldades na construção de jogo, abusando do chutão para a frente.

Na segunda metade, os comandados de Sérgio Vieira entraram com tração ofensiva, mas só aos 68 minutos criaram grande perigo, aos 68 minutos – Fabrício Isidoro, à entrada da área, fez um grande remate que passou muito perto da baliza.

Mas, aos 71 minutos, o árbitro assinalou grande penalidade a favor do FC Porto B, num lance que deixou muitas dúvidas e foi muito protestado pelos adeptos da casa. Na conversão, Fábio Vieira atirou para o 0-2.

O FC Porto B exerceu muita pressão na saída de bola do Farense, levando os jogadores algarvios a frequentes erros e passes errados. Isto foi, aliás, uma constante durante todo o jogo.

Aos 88 minutos, ainda haveria tempo para mais um golo forasteiro. Num lançamento para as costas da defesa algarvia, Sousa isolou-se e fez o que quis dos algarvios, passando por Hugo Marques e empurrando para o fundo das redes.

O Farense reduziu já para lá dos 90 minutos, com um cabeceamento certeiro de Patrick a responder a um cruzamento pela esquerda.

A derrota dos Leões de Faro acaba por espelhar o que se passou em campo, e na próxima jornada, a quarta da LigaPro, o Farense desloca-se ao terreno da Oliveirense, em partida marcada para domingo, 1 de setembro, às 16 horas.

Farense vs FC Porto B

Estádio de São Luís, Faro

Farense – Hugo Marques, Matheus Silva, Luís Rocha, Rafael Vieira, Furlan (Patrick, 50 min), Filipe Melo (Bura, 62 min), Fabrício Isidoro, Fábio Nunes, Alvarinho, Mayambela (Ângelo, 71 min), Fabrício Simões.

Treinador: Sérgio Vieira

Suplentes não utilizados: Daniel Fernandes, Miguel Bandarra, Cássio, Pedro Simões.

FC Porto B – Mouhamed, Tomás Esteves, Ferraresi, Gonçalo Brandão, Luís Mata, Mor Ndiaye, Fábio Vieira (Vitinha, 74 min), Rodrigo Valente (Enow, 90 min), Sousa, Angel Torres (João Mário, 67 min), Madi Queta.

Treinador: Rui Barros.

Suplentes não utilizados: Meixeido, Justiniano, Nkeng, Yahaya.

Árbitro: João Bento.

Golos: Rodrigo Valente (41 min), Fábio Vieira (71 min), Sousa (88 min), Patrick (90+4 min).
Amarelos: Fábio Nunes (18 min), Mor Ndiaye (30 min), Alvarinho (40 min), Rafael Vieira (45 min), Mayambela (56 min), Sousa (58 min), Mbaye (66 min), Bura (90+4min).