Estados Gerais: deputados socialistas querem tomar o pulso ao Algarve

  • Print Icon

Os deputados do Partido Socialista (PS) eleitos pelo círculo de Faro vão realizar entre os dias 28 de maio e 3 de junho os Estados Gerais, com o objetivo de contribuir com propostas no âmbito do programa de estabilização social e relançamento da economia já anunciados pelo Primeiro-ministro António Costa e neste momento em preparação pelo governo.

«Pretendemos fazer a radiografia do ponto de vista económico e social do Algarve e construir com os diversos agentes regionais soluções para as dificuldades que a pandemia nos coloca do ponto de vista regional», adianta Luís Graça, deputado e presidente do PS Algarve para quem «os efeitos deste vírus sentem-se em todo o país mas não têm o mesmo impacto em todas as regiões, nem em todos os sectores de atividade».

A jornada terá início esta quinta-feira, dia 28 de maio, com reuniões através de videoconferência com o secretário de Estado coordenador regional do combate à pandemia, José Apolinário, com a direção da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e ainda com o Reitor da Universidade do Algarve, Paulo Águas.

O dia de sexta-feira, 29 de maio, será dedicado à saúde e aos seus profissionais, com visitas a unidades de saúde e encontros com a equipa médica que tem estado a trabalhar com a COVID-19, assim como reuniões com representantes dos médicos, enfermeiros, Faculdade de Medicina e do Centro de Investigação ABC – Algarve Biomedical Center.

No sábado, dia 30 de maio, estará em foco a área do turismo e os setores da hotelaria, golfe e restauração, estando previstas visitas a empreendimentos turísticos da região a que se seguirá uma reunião com representantes dos vários sectores.

Já na segunda-feira, 1 de junho, dia do regresso às aulas presenciais dos alunos do ensino pré-escolar, os deputados do PS vão debruçar-se sobre as escolas e o sector social, assim como sobre o trabalho de coletividades no âmbito da cultura e da juventude.

Neste dia serão realizadas visitas a escolas e equipamentos sociais para a infância, assim como instituições de terceira idade e associações culturais, a que se seguirá uma reunião com representantes da Mesa das Misericórdias e das Instituições Particulares de Solidariedade Social do Algarve.

Na terça-feira, 2 de junho, o dia será dedicado aos sectores produtivos primários da pesca e da agricultura, com visitas a várias empresas destas áreas e uma reunião com as associações representativas destes setores.

A finalizar esta jornada, na quarta-feira, dia 6 de maio, os deputados socialistas eleitos pelo circulo de Faro irão partilhar as conclusões destes Estados Gerais do Algarve com os militantes do PS num plenário através de videoconferência.