Faro destina 100 mil euros para apoio tecnológico a alunos carenciados

  • Print Icon

Medida vai permitir apoio ao processo de ensino e aprendizagem à distância de estudantes com menos recursos económicos.

O município de Faro aprovou a atribuição de uma comparticipação financeira extraordinária de 20 mil euros a cada um dos cinco agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas do concelho – num montante total de 100 mil euros – para aquisição de equipamentos tecnológicos no âmbito do apoio ao processo de ensino e aprendizagem à distância.

A medida, implementada pela autarquia para fazer face aos efeitos da crise pandémica, prevê que, com esta verba, os agrupamentos procedam à aquisição de equipamentos tecnológicos para distribuir aos alunos de famílias carenciadas do concelho.

Esta iniciativa decorre dos Protocolos de Delegação de Competências e Transferência de Meios celebrados a 4 de fevereiro entre o município de Faro e os Agrupamentos de Escolas João de Deus, Pinheiro e Rosa, Tomás Cabreira, D. Afonso III e de Montenegro.

Assim, após apuradas as necessidades dos vários agrupamentos de escolas, a Câmara Municipal de Faro vai reforçar o cabimento de verba para o efeito, no valor global de 159654,46 euros, para justificar as despesas dos estabelecimentos de ensino dos agrupamentos de escolas da rede pública do concelho com o fornecimento de água, eletricidade e gás, bem como para assegurar a aquisição dos referidos equipamentos (no valor de 100 mil euros) para distribuir pelos alunos carenciados, no âmbito do apoio ao processo de ensino e aprendizagem à distância, com recurso à modalidade de telescola.