COVID-19: VRSA renova informática das escolas e reforça prevenção

  • Print Icon

Câmara Municipal de Vila Real de Santo António inicia o ano letivo 2020-2021 com a dotação de novo material informático , quadros interativos projetores em todas as salas.

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António inicia o ano letivo 2020-2021 com a dotação de novo material informático nas salas de aula, através da criação de novas salas de tecnologias de informação, a que se junta a instalação de vários quadros interativos nas salas do primeiro ciclo e a colocação de projetores em todas as salas.

Um ano mais, a autarquia irá oferecer transporte para uma visita de estudo a todas as turmas do primeiro ciclo e pré-escolar desde que estejam reunidas todas as condições de segurança, saúde e higiene para prevenir a CoVID-19.

De forma pioneira no Algarve, o município continuará a disponibilizar, de forma totalmente gratuita, a componente de apoio à família, nomeadamente o prolongamento de horário para os alunos do pré-escolar.

Também este ano letivo, a freguesia de Vila Nova de Cacela irá receber uma nova creche. A abertura do espaço, na Escola Manuel Cabanas, resulta de uma parceria entre o município de Vila Real de Santo António e a Delegação da Cruz Vermelha de VRSA.

O equipamento ficará localizado nas instalações do pré-escolar, no centro da localidade, e terá duas salas com capacidade para 35 crianças, dos quatro meses aos 3 anos de idade.

Ao nível dos apoios sociais no primeiro ciclo, a Câmara Municipal prevê auxiliar cerca de 300 alunos, no caso do escalão A, e perto de 200, no caso do escalão B, nomeadamente no que se reporta ao material escolar.

Quanto às refeições escolares, será paga a totalidade do seu valor aos alunos do 1º ciclo e do ensino pré-escolar do 1º escalão e subsidiados em 50% os alunos destes níveis de ensino inseridos no 2º escalão.

Neste âmbito, merece destaque a qualidade das refeições fornecidas, confeccionadas localmente com recurso a produtos da região.

No que diz respeito ao transporte escolar, será gratuito até ao 9º ano. Para os alunos do ensino secundário do 1º escalão será também assegurado a custo zero, enquanto no 2º escalão é financiado pela autarquia em 75 por cento. Os restantes estudantes têm uma comparticipação de 50 por cento.

Medidas de prevenção à COVID-19

Em plena época de pandemia de COVID-19, o município de VRSA irá adotar, de uma forma responsável, e em articulação com as direções dos agrupamentos de escolas, um conjunto de medidas de combate à propagação do novo Coronavírus.

Para tal, a autarquia irá proceder ao alargamento do horário dos circuitos especiais de transporte escolar, de modo a evitar a permanência dos alunos na escola após o término das aulas. Também nesta linha, foi concertado, com as empresas de transporte público que operam no concelho, o ajustamento do horário dos transportes escolares.

Neste âmbito, foi ainda reforçado o número de assistentes operacionais, com vista a permitir melhorias nos procedimentos de limpeza e higienização dos espaços escolares e no acompanhamento dos alunos nos períodos do dia mais complexos, nomeadamente durante o fornecimento de refeições escolares.

Está igualmente em curso a dinamização de ações de formação dirigidas ao pessoal não docente, no âmbito da promoção de comportamentos preventivos à propagação da COVID-19, sendo também feita a aquisição e fornecimento contínuo de equipamentos de proteção individual e desinfeção para toda a comunidade escolar.

Acompanhamento psicológico gratuito

A estas valências, junta-se o trabalho das equipas de psicólogos da Câmara Municipal de VRSA (NEIP) que, durante todo o ano letivo, e de forma gratuita, trabalham em articulação com alunos, professores e encarregados de educação.

Guia da Oferta Educativa

À semelhança dos anos anteriores, o município lança o Guia da Oferta Educativa. Sistematizada de forma a abranger os vários níveis de ensino, a publicação reúne os contributos que os serviços municipais e os vários parceiros públicos e privados (que também se associaram ao projeto) disponibilizaram à comunidade escolar, afirmando-se como um importante instrumento de enriquecimento curricular.

O projeto constitui uma ferramenta que pretende concorrer para o sucesso escolar dos agrupamentos, proporcionando a valorização da escola e o desenvolvimento da consciência cívica dos alunos.