Rui Cristina quer respostas sobre o Hospital Central do Algarve

  • Print Icon

O deputado algarvio do PSD Rui Cristina interpelou a ministra da Saúde na sessão «Situação da saúde em Portugal», agendada pelo PSD e confrontou-a com a questão da construção do Hospital Central do Algarve. Pergunta para a qual não obteve resposta por parte da governante socialista.

Dirigindo-se a Marta Temido, Rui Cristina questionou se «o governo vai priorizar esta obra fundamental e lançar a sua execução durante o seu mandato», considerando que a mesma tem vindo a ser sucessivamente adiada, numa demonstração de «os governos socialistas continuarem a faltar à verdade e ao respeito à população do Algarve».

Igualmente sem resposta ficou a preocupação manifesta por Rui Cristina, que perguntou diretamente se «até à construção desta obra, a tutela e os órgãos regionais da Saúde vão providenciar os meios humanos e materiais para garantir uma melhor acessibilidade à saúde na região».

Na sua interpelação, Rui Cristina considerou ainda que os Algarvios não merecem um tratamento diferente dos restantes cidadãos do país e serem alvo de «as falaciosas promessas do governo socialista», relembrando ser a saúde um direito consagrado constitucionalmente.

No Algarve, não queremos continuar a esperar e a pagar a fatura da negligência por parte deste Governo, com a vida e a saúde das pessoas, acusou o social-democrata.

Segundo o deputado, «na saúde quando há diagnóstico e as terapias falham por falta de meios e recursos, temos por evidente que o governo não está a cumprir cabalmente o seu papel. Esse é o caso, incontornável, da problemática da saúde no Algarve».

No rescaldo da interpelação debate Rui Cristina disse «aos deputados Cristóvão Norte, Ofélia Ramos e eu próprio, que vamos lutar para que seja contemplada a construção do Hospital Central do Algarve, no âmbito do Orçamento de Estado 2020».