Portimonense venceu (1-2) mas ainda sofreu em Tondela

  • Print Icon

Conjunto de António Folha ainda passou as passas do Algarve na Beira Alta com uma segunda parte mediana, mas acabou por vencer com os golos apontados por Aylton Boa Morte e Iury Castilho na etapa regulamentar.

Em campo enfrentaram-se duas equipas que vinham de empates a zero na primeira ronda, e os minutos iniciais pautaram-se pelo equilíbrio, com um ligeiro ascendente dos homens da Beira Alta, embora sempre com grandes dificuldades na construção de jogo ofensivo.

O Portimonense rapidamente equilibrou a contenda, e a verdade é que, entre tentativas falhadas de parte a parte, só aos 36 minutos houve motivos de interesse na partida, e logo com um golo algarvio. Romulo, no meio campo ofensivo do Portimonense, colocou um belo passe para Aylton Boa Morte, que na frente de Cláudio Ramos não se coibiu de abrir o marcador.

Os alvinegros aproveitaram o atordoamento que se apoderou do Tondela, ampliando a vantagem aos 45 minutos – Aylton Boa Morte, na esquerda, fez um excelente cruzamento para a área, que Iury Castilho (a posição do avançado brasileiro deixou algumas dúvidas) recebeu e finalizou com muita qualidade, fazendo o 0-2 e dando aparente tranquilidade ao Portimonense para a segunda metade.

Mas no começo da etapa complementar, aos 53 minutos, Jonathan Toro obrigou Ricardo Ferreira a fazer uma excelente mancha. O lance, no entanto, acabou invalidado por offside, ficando o aviso para os algarvios.

Ao minuto 59 e após cruzamento de Pité, Toro apareceu no centro da área a desviar ao lado da baliza, em posição privilegiada para reduzir o marcador. Pouco depois, aos 60 minutos, Murillo puxou da velocidade no flanco direito do ataque tondelense, cruzou para a área e Richard Rodrigues, com a baliza completamente à mercê, poupou o Portimonense ao golo.

O Tondela tentou carregar na procura pelo golo, e aos 73 minutos Xavier disparou de muito longe para uma defesa apertada de Ricardo Ferreira.

O Portimonense adormeceu em campo e permitiu o golo dos anfitriões à passagem do minuto 84 – Fahd Moufi recuperou a bola aproveitando a passividade algarvia, assistindo Richard Rodrigues que desta vez não desperdiçou e, à entrada da área, atirou para o fundo das redes, fazendo o 1-2.

O conjunto de Portimão conseguiu garantir os três pontos fruto de uma boa primeira parte, pois na segunda metade quase só deu Tondela e foram várias as oportunidades para os homens orientados pelo espanhol Natxo González.

Na próxima jornada, a terceira da Liga NOS, a equipa algarvia recebe o Sporting Clube de Portugal, num duelo marcado para domingo, 25 de agosto, às 18h30.

Tondela vs Portimonense

Estádio João Cardoso, Tondela

Tondela – Cláudio Ramos, Fahd Moufi, Yohan Tavares, Bruno Wilson, Filipe Ferreira (João Vigário, 69 min), João Pedro (Xavier, 61 min), Pepelu, Pedro Augusto (Pité, 46 min), Murillo, Jonathan Toro, Richard Rodrigues.

Treinador: Natxo González.

Suplentes não utilizados: Diogo Silva, Jaquité, Rubilio Castillo, Philipe.

Portimonense – Ricardo Ferreira, Anzai, Jadson, Willyan, Henrique, Pedro Sá, Romulo, Bruno Tabata (Rodrigo, 87 min), Aylton Boa Morte (Hackman, 90+1 min), Cevallos (Dener, 74 min), Iury Castilho.

Treinador: António Folha.

Suplentes não utilizados: Gonda, Marlos Moreno, Luquinhas, José Gomes.

Árbitro: Hugo Miguel (VAR: Tiago Martins | Pedro Mota)

Golos: Aylton Boa Morte (36 min), Iury Castilho (45 min), Richard Rodrigues (84 min).

Amarelos: Bruno Wilson (82 min), Iury Castilho (90 min).