Maior espetáculo multimédia indoor abre Portimão Cidade Europeia do Desporto

  • Print Icon

A intenção da Câmara Municipal de Portimão é encher o Arena na sexta-feira, dia 18 de janeiro, a partir das 21 horas, para a oportunidade de assistir a um espetáculo único, o maior feito num recinto fechado em Portugal. Pelo menos esta é a garantia de Isilda Gomes, presidente da daquela autarquia, que organiza a cerimónia.

«É provavelmente uma oportunidade única de ver um espetáculo como este, multimédia, o maior efetuado indoor, que entendo que os portimonenses não devem perder, até porque também conta um pouco a história de Portimão. Vão estar presentes nessa cerimónia figuras de destaque, não só do desporto, mas também da cultura, da música», afirmou em declarações ao «barlavento». É o caso dos atletas Rosa Mota e Jorge Pina, e da atuação da banda Amor Electro, que interpretará o hino da Cidade Europeia do Desporto, além de outros temas que a levaram ao sucesso.

A cerimónia contará ainda performances artísticas e musicais e com a participação de Daniel Pereira Cristo, músico, cantautor e multi-instrumentista.

De acordo com a autarca são vários os motivos para levar o Portimão Arena à lotação esgotada. Desde já, o facto da empresa responsável pelo espetáculo multimédia (produtora Tavolanostra) ser a mesma que promoveu a abertura e encerramento do Campeonato do Mundo de Futebol FIFA Brasil, a cerimónia Ambição Olímpica Londres (Jogos Olímpicos 2012) e das sessões oficiais das 7 Maravilhas.

Ao que o «barlavento» apurou o que está previsto é uma «projeção video mapping de 360 graus, em interação com o público, com atos protocolares e convidados especiais, além das atuações artísticas, guiado pelos apresentadores Cláudia Semedo e Pedro Miguel Ribeiro.

Na génese estará o desporto, mas também a história de Portimão. A cidade venceu a candidatura proposta ao European Capitals and Cities of Sport Federations (ACES Europe) para ser a Cidade Europeia do Desporto 2019 apoiada no lema «Mais Desporto para Todos», uma ideia sustentada pelo que existe neste concelho virado para o mar, onde ainda perduram na comunidade diversas tradições, como a piscatória, ligadas a um estilo de vida saudável. Uma das surpresas deverá ainda ser um farol, erguido e iluminado nesta ocasião, que se juntará aos restantes seis existentes na região.

Imagem demonstrativa do que a organização está a preparar, que o «barlavento» divulga em primeira-mão.

Por todas estas razões, Isilda Gomes acredita que este é um momento a ser sentido por todos, porque «marca uma etapa importante para Portimão», que também reconhece o esforço de associações, clubes e concidadãos em prol do desporto. «Conseguiram manter viva a atividade desportiva mesmo quando não tinham apoios, portanto merecem também esta festa. Espero que a vivam, pois é para eles também. É para os nossos cidadãos que estamos a fazer esta cerimónia», valorizou a presidente da Câmara Municipal.

Para esta sessão de abertura, organizada com verbas próprias da autarquia, estão disponíveis bilhetes/convites que são gratuitos, mas têm de ser levantados previamente, até porque a lotação é limitada. Estão disponíveis no Pavilhão Gimnodesportivo de Portimão, no Complexo Desportivo de Alvor, no Complexo Desportivo da Mexilhoeira Grande, no Museu de Portimão e no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão. O espetáculo é para maiores de seis anos.

Também durante todo o ano de 2019, segundo a autarca revelou ao «barlavento», serão promovidos eventos de apresentação da programação. Para já, no jornal da Câmara Municipal constará o programa com as iniciativas mais marcantes do trimestre. «É um jornal que vai ser distribuído massivamente. Vamos ter também uma forma de divulgar muito interessante, que em breve as pessoas hão-de conhecer. Faremos a atualização sistemática do que está previsto. Ou seja, uma vez por mês teremos uma iniciativa em que vamos dar a conhecer aos cidadãos a programação do mês seguinte», avançou.