Feira da Serra começa hoje com programa dentro e fora de casa

  • Print Icon

Sob o mote Feira da Serra #EmCasa, edição de 2020 lança portal que promove produtores e artesãos habituais do evento mais típico de São Brás de Alportel. Programa inclui concerto de música clássica, edição especial do desfile de moda São Brás Fashion e o Domingão Especial de Verão da SIC filmado no concelho.

A pandemia já sacrificou a maioria dos grandes eventos do verão algarvio, mas o município de São Brás de Alportel não quis deixar cair o certame e arranjou uma alternativa não presencial para manter a Feira da Serra na atualidade.

O programa que irá decorrer de 23 a 26 de julho, nas datas em que, em circunstâncias normais, se deveria realizar a 29ª edição do evento, foi apresentado em conferência de imprensa, ao final da tarde de quinta-feira, dia 16 de julho, no Parque da Azinheira Património, junto à EN2.

Em conversa com os jornalistas, Marlene Guerreiro, vice-presidente da autarquia, sublinhou que «somos teimosos e apaixonados pela nossa terra e pela nossa gente. Não conseguíamos viver estes últimos dias de julho sem fazer o que mais gostamos, que é ajudar a nossa terra, ajudar os artesãos, os produtores locais, os empreendedores a mostrar o seu trabalho».

Numa altura particularmente difícil, «temos consciência das dificuldades que este sector está a viver porque não há feiras nem certames que são o maior ponto de escoamento» de muitos produtos regionais e de artesanato.

«Tentámos ver como ajudar. Ainda pensámos em fazer uma mostra mais pequena, mas vimos que não era boa ideia», admitiu.

Assim, o programa arranca na quinta-feira, dia 23, às 19 horas, com o lançamento catálogo digital «Feira da Serra em Casa» em duas redes sociais (Facebook e Instagram) e no site oficial, com uma centena de artesãos e produtores que são presença habitual no certame.

«É apenas uma ferramenta, mas é uma boa forma de ajudar, sobretudo os mais velhos e menos habituados a estas tecnologias, e também os mais novos que vão aproveitar os conhecimentos que já têm nestas área. Vamos ver o que sairá daqui, talvez uma loja online» no futuro.

«É um sonho antigo haver uma marca e um sítio para o nosso artesanato. Pode ser um empurrão», disse Marlene Guerreiro.

Também estarão presentes «as outras serras que visitam a serra do Caldeirão». «Neste momento, as pessoas já estavam habituadas à ideia que este é um ano de paragem. Estamos agora a tentar promover o excessivo confinamento e mostrar às pessoas que é seguro ir ao comércio local. A irresponsabilidade total preocupa-nos, mas o medo excessivo também não é bom. Há muita solidão e os jovens começam a ter algumas patologias, por isso é preciso haver um equilíbrio. Temos de viver nesta nova realidade, com mais recato, com mais distanciamento, mas temos de viver», rematou.

Para o autarca Vítor Guerreiro, realizar a Feira da Serra à distância «é uma mensagem de esperança. Unidos, vamos conseguir ultrapassar estes dias difíceis. E também os que nos aguardam num futuro próximo. Temos de ter fé e esperança que no próximo ano, vamos todos nos reencontrar numa feira da serra presencial, em alegria e confraternização com todos. Para já, sabemos que temos de trabalhar muito para manter a economia a trabalhar», disse.

Vítor Guerreiro, presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel.

Em termos sociais, o presidente da Câmara Municipal de Alportel lembrou que «o orçamento da autarquia teve de se reajustar», com a criação do Fundo Municipal de Emergência – COVID, de meio milhão de euros.

Destinou-se a «apoiar as famílias e adquirirmos equipamentos de proteção individual que disponibilizamos à população, às forças de segurança e entidades do concelho. Temos tentado fazer um esforço, em conjunto com as várias entidades, no sentido de protegermos ao máximo possível a nossa população desta pandemia».

«Confinámos muito cedo e estamos agora, pouco a pouco, a retomar alguma atividade no comércio, com cuidado. Podemos ir ao restaurante, podemos fazer férias, aproveitar os nossos Alojamentos Locais, com regras. Não nos podemos privar de ter alguma normalidade nas nossas vidas», acrescentou.

Aos jornalistas, o autarca de São Brás de Alportel disse ainda que esta iniciativa «vamos levar a Feira da Serra aos quatro cantos do mundo. E já está a ter um efeito positivo. Alguns artesãos são pessoas de idade, mas estão empenhados e envolvidos a produzir as suas peças de artesanato para mostrarem online. Não estão a pensar na pandemia. Encontram aqui uma luz de esperança no futuro. Acredito que lhes dará oportunidade de realizarem algum capital», até porque poderá atrair ainda mais pessoas ao certame no próximo ano.

E mais. Em 2021, «o tema será o medronho. É uma homenagem à nossa serra. Este arbusto é bastante resistente, após os incêndios renasce das cinzas e é um sinal também que nós vamos sobreviver».

Vítor Guerreiro lembrou ainda que a autarquia continua a lançar obras no espaço público, «investimentos que são importantes para a população e para que as empresas possam realizar algum dinheiro manter os postos de trabalho», como é o caso do novo terminal rodoviário e requalificação urbana da Avenida da Liberdade.

Programa dentro e fora de casa

O Cine-teatro São Brás recebe o concerto de verão da Orquestra Clássica do Sul (OCS) na sexta-feira, 24 de julho, às 21h30.

Um espetáculo que para garantir as regras de segurança recomendadas pelas das entidades oficiais de saúde, tem a entrada restrita a 60 pessoas.

Os bilhetes já estão à venda, por sete euros, na Galeria Municipal e estarão disponíveis no dia e no local, a partir das 20h30.

No sábado, dia 25 de julho, a edição especial do desfile de moda «São Brás Fashion» será transmitida nas redes sociais e no Meo Kanal 205250, às 21h30, dia e hora em que este subiria ao palco principal do recinto da Feira da Serra.

O desfile mantém a essência local, com modelos e produtos de lojas são-brasenses ligadas à moda (calçado, óticas, joalharia, vestuário e outros acessórios).

Foi gravado com antecedência, e segundo Ana Fernandes, diretora da Associação do Comércio e Serviços do Algarve (ACRAL) contou com a participação entusiasta de todos os envolvidos.

Uma inovação é que será complementado por 18 mini desfiles, que cada loja participante poderá usar nos seus canais de marketing online.

No domingo, dia 26 de julho, entre as 14h45 e as 20h00, será transmitido o programa «Domingão Sucessos de Verão» da SIC, que terá um palco móvel, passando pelas estradas do concelho e terá como mote homenagear os mestres artesãos locais.

O programa será também «rampa de lançamento» para a campanha promocional turística «Vá para fora cá dentro, Mesmo!» que o município de São Brás de Alportel está a preparar com vista a atrair portugueses, algarvios em particular, bem como os turistas presentes na região e sobretudo ao turismo residencial.