Farense «sem fibra» acaba derrotado e vulgarizado em Penafiel (3-0)

  • Print Icon

Algarvios deslocaram-se ao norte do país nesta 16ª jornada da LigaPro e voltaram a claudicar, dando sinais preocupantes de fraqueza na luta pela subida.

No 11 do Farense que nesta manhã de domingo defrontou o Penafiel, o destaque foi a estreia de Arnold, reforço de inverno dos algarvios, a titular, e a presença, no banco, do também reforço Hugo Seco.

A primeira metade foi bastante disputada, com duas equipas aguerridas e a tentar incursões ofensivas, mas rarearam as oportunidades de golo.

O Farense ainda criou algum perigo com remates de Arnold e de Rafael Vieira, mas Luís Ribeiro e a má pontaria do central dos algarvios impediram o tento, e fizeram prevalecer o nulo até ao intervalo.

Na entrada para a segunda metade, o ex-portimonense Ruster quase surpreendeu Hugo Marques com um cruzamento que saiu…um remate. O guardião farense, no entanto, estava atento e conseguiu segurar a bola (51′).

Respondeu o Farense três minutos depois, com mais uma investida de Arnold no flanco direito que terminou com um cruzamento que Irobiso quase desviou para o fundo das redes.

No entanto, foi mesmo o Penafiel a abrir o ativo. Luís Rocha tem uma abordagem bastante displicente num lance frente a Ronaldo Tavares, permitindo ao avançado penafidelense assistir Ruster que, com a baliza à mercê, não falhou (58′).

O Farense não reagiu e, aos 75 minutos, os homens do norte aumentaram a diferença no marcador. Ronaldo Tavares isolou Gleison e o extremo brasileiro, na cara de Hugo Marques, fez o segundo.

A segunda parte foi catastrófica para o conjunto de Faro. Nada funcionava, e o Penafiel aproveitou. Na sequência de mais uma desatenção defensiva dos algarvios, Ronaldo Tavares ganhou a todos em velocidade e, isolado, fez o terceiro aos 82 minutos.

Com este resultado, o Farense deixa a liderança à mercê do Nacional, que defronta ainda hoje, em casa, a Oliveirense.

Na próxima jornada, a 17ª da LigaPro, os comandados de Sérgio Vieira recebem o Sporting da Covilhã, numa partida marcada para domingo, 19 de janeiro, às 11h15.