Farense eficaz arranca vitória histórica no «exame» de Coimbra

  • Print Icon

Em partida a contar para a 10ª jornada da Liga Pro, os pupilos de Sérgio Vieira levaram a lição da eficácia bem estudada. Venceram no terreno da Académica pela primeira vez em jogos oficiais, por 1-2, com golos de Fabrício Simões, e Fabrício Isidoro.

O começo não foi o melhor para os homens de Faro, que logo nos primeiros segundos de jogo viram Derick Lacerda aproveitar uma hesitação na linha defensiva farense e obrigar Hugo Marques a uma enorme intervenção.

A briosa viu-se privada de um dos seus melhores jogadores, Filipe Chaby, desde o minuto 18, por lesão, mas ainda assim conseguiu exercer uma pressão alta no Farense durante uma boa parte da etapa regulamentar.

Esta pressão era visível, principalmente, na primeira fase de construção do Farense, perturbando a saída para o ataque do conjunto algarvio, que ia errando alguns passes e desperdiçando algumas jogadas prometedoras.

Perante o que o jogo ia mostrando, foi sem surpresa que a Académica abriu o ativo. Ao minuto 29, João Mendes trocou as voltas aos adversários e fuzilou Hugo Marques para o 1-0.

O golo adversário teve o condão de despertar os algarvios que partiram em busca do empate e, pouco depois, viram Ricardo Dias cometer um penalti sobre Fábio Nunes.

Chamado para a cobrança, o suspeito do costume nestes lances: Fabrício Simões, com classe, restabeleceu a igualdade no marcador (36′), resultado com que as equipas desceram para o descanso.

Académica Farense
Foto: Nélson Ferreira

Nos primeiros minutos da segunda metade Sérgio Vieira colocou em jogo Bura, no lugar de Filipe Melo, procurando dar mais consistência ao miolo da sua equipa.

De facto, os algarvios tornaram-se mais seguros defensivamente, mas a criação de jogo ofensivo continuou pouco fluída.

A Académica, essa, parecia jogar sobre brasas, fruto dos constantes assobios que os adeptos dirigiam ao relvado e que pareciam ter sempre destinatários diferentes: ora se dirigiam ao adversário, ora ao árbitro e até aos próprios jogadores.

Ao minuto 78, João Mendes dispôs de um livre em excelente posição e atirou com perigo às malhas laterais da baliza defendida por Hugo Marques.

Mas, ao minuto 86, uma desatenção defensiva da «briosa» entregou o ouro ao bandido – Fabrício Isidoro apareceu à entrada da área, ganhou espaço para o remate e disparou para o 1-2.

Este golo foi um verdadeiro «prémio» para a eficácia demonstrada pelos algarvios nos lances capitais da partida.

Com esta vitória, os homens de Faro somam agora 24 pontos e vão, certamente, terminar a jornada no primeiro lugar, podendo ainda ganhar pontos aos competidores diretos. É que Nacional e Sporting da Covilhã defrontam-se amanhã, na Madeira.

O próximo jogo do Farense será no terreno do Varzim, no próximo sábado, 16 de novembro, às 15h00, em partida antecipada da 14ª jornada do campeonato.

Académica vs Farense
Estádio Cidade de Coimbra

Académica – Mika, Mike, Silvério, Zé Castro, Mauro Cerqueira, Ricardo Dias, Leandro, João Mendes, Ki (Cherif, 74 min), Chaby (Barnes Osei, 18 min), Derik Lacerda (Djousse, 69 min).

Treinador: César Peixoto

Suplentes não utilizados: Tiago Pereira, Hugo Almeida, Marcos Paulo, Arghus.

Farense – Hugo Marques, Matheus Silva, Luís Rocha, Cássio, Rafael Furlan, Filipe Melo (Bura, 52 min), Fabrício Isidoro, Ryan Gauld, Fábio Nunes (Alvarinho, 72 min), Mayambela (Irobiso, 66 min), Fabrício Simões.

Treinador: Sérgio Vieira

Suplentes não utilizados: Daniel Fernandes, Rafael Vieira, Miguel Bandarra, Tavinho.

Árbitro: Iancu Vasilica.

Golos: João Mendes (29 min), Fabrício Simões (36 min), Fabrício Isidoro (86 min).
Amarelos: Silvério (31 min), Cássio (33 min), Ricardo Dias (39 min), Mayambela (67 min), Alvarinho (76 min), Zé Castro (90 min).