Esperas superiores a 1000 dias para consultas de Ortopedia em Faro preocupam o CDS-PP

  • Print Icon

A deputada do CDS-PP Teresa Caeiro questionou hoje Marta Temido, ministra da saúde, sobre os tempos de espera para consulta de Ortopedia no Hospital de Faro. De acordo com notícias divulgadas por diversos meios de comunicação, há listas de espera para consultas que ultrapassam os mil dias.

É o caso da consulta de Ortopedia no Hospital de Faro, cujos tempos de espera são de 1090 dias em situação «normal» e de 1030 dias em situação «prioritária».

O CDS-PP considera que «estes tempos de espera, muito acima dos previstos por lei, representam extrema gravidade e são fonte de preocupação uma vez que existem problemas de saúde que exigem um diagnóstico atempado, por forma a não colocar em perigo a vida de ninguém, seja criança ou adulto».

Na pergunta enviada à tutela, a deputada do CDS-PP quer que «a ministra confirme que os tempos de espera da consulta de Ortopedia no Hospital de Faro são de 1090 dias em situação normal e de 1030 dias em situação prioritária», questionando ainda «o que justifica este tempo de espera muito acima do previsto na lei».

Os deputados do CDS-PP pretendem ainda «saber se há mais especialidades na mesma situação nesta unidade de saúde, e quais», e se a ministra está em condições de garantir que está a ser assegurado o acesso à saúde e a ser assegurada a qualidade da prestação de cuidados de saúde à população servida pelo Hospital de Faro.

A deputada do Partido Popular questiona ainda «quais as medidas que estão a ser tomadas para resolver esta situação com a urgência que ela merece, de forma a não colocar em causa a saúde e a vida dos utentes».

«Apesar de já por diversas vezes os deputados do CDS-PP terem questionado a tutela, quer em audições na Assembleia da República quer através de perguntas escritas, entendemos que, face às notícias agora veiculadas, é absolutamente necessário obter esclarecimentos urgentes por parte da senhora ministra da saúde», exige fonte do partido político.