Vitória histórica no Algarve da Academia Joaquim Agostinho

  • Print Icon

A Sicasal Constantinos venceu a prova de velocidade por equipas do Festival de Pista de Tavira.

O evento realizou-se este sábado nesta cidade algarvia e encerrou o calendário competitivo de estrada da Federação Portuguesa de Ciclismo.

Daniel Silva, Wilson Esperança e Miguel Salgueiro formaram o trio de conquistadores de um resultado histórico para a equipa de Torres Vedras, que alcançou a primeira vitória coletiva perante o pelotão profissional e escreveu mais uma página de sucesso no seu percurso de formação de jovens talentos do ciclismo nacional.

Wilson e Salgueiro em plena competição.

Com o triunfo na prova algarvia, a equipa sub-23 da Academia Joaquim Agostinho/UDO termina a temporada no lugar mais alto do pódio, a mesma forma como a iniciou quando em fevereiro conquistou a vitória individual e coletiva entre as equipas de clube na prova de abertura realizada em Aveiro.

Na pista do Ginásio Clube de Tavira houve ainda lugar a competições individuais de scratch e eliminação, disciplinas onde Miguel Salgueiro acabou por ser o atleta da equipa em maior evidência.

O ciclista de Odivelas foi 8º classificado na prova que levou os participantes a dar 100 voltas à pista (scratch) e ficou perto do pódio na eliminação ao ser o 4º mais resistente em prova.

Wilson Esperança também se destacou ao vencer a 67ª volta da prova de scratch. O ciclista de Alcobaça concluiu o exercício na 35ª posição.

Daniel Salgueiro e Sardinha em clima animado-

Diogo Sardinha (16º) e Daniel Silva (19º) foram os outros representantes «torrienses» nesta disciplina. Na prova por eliminação, Daniel Silva resistiu a 30 sprints e terminou como o 7º mais forte.

A resistência de Wilson Esperança e Diogo Sardinha durou 9 e 5 sprints respetivamente, uma prestação que lhes rendeu a 28ª e 32ª posição na prova.