Iniciados da Inter-Vivos conquistam Taça do Algarve de Futsal

  • Print Icon

A Associação dos Inter-Vivos conquistou este sábado, dia 18 de maio, a Taça do Algarve de futsal com a sua equipa de Iniciados, após bater o Futsal Portimonense Sporting clube, num jogo que só ficou decidido no desempate nas grandes penalidades (3-2), após o 3-3 no final do prolongamento, um jogo disputado no pavilhão municipal de Loulé.

Os golos dos Inter-Vivos foram marcados por Guilherme Conceição, Francisco Monteiro e Lucas Mestre, as grandes penalidades foram convertidas por Cristiano Cavaco, Lucas Samuel e Lucas Mestre, tendo o guarda redes Miguel Palma defendido um dos remates da equipa do Portimonense.

A equipa é formada por Sérgio Gil (GR), Miguel Palma (GR), Sérgio Silva, Francisco Monteiro, Cristiano Cavaco, Lucas Mateus, Nuno Gonçalo, Ricardo Silva, André Palma, Filipe Martins, Lucas Bastos, Lucas Mestre e Guilherme Conceição treinados por André Martins, tem como treinador adjunto José Miguel Palma, treinador de Guarda Redes Wilson Silva e o fisioterapeuta Wilson Rodrigues.

Para a autarquia alcoutejana, «os resultados obtidos refletem a qualidade do trabalho que, diariamente, é realizado na formação dos jovens, além da vertente desportiva/futebolística, dá-se importância à formação humana a nível pessoal, social e cultural, fortalecendo o desenvolvimento dos jovens enquanto pessoas, para se inserirem na sociedade com princípios cívicos e de cidadania, sabendo coexistir em grupo/comunidade, enaltecendo valores como o respeito, a tolerância, a cooperação e a entreajuda, entre outros».

«O segredo é a união que existe entre nós, dentro e fora do campo, entre jogadores, equipa técnica e direção», considera o treinador André Martins.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Alcoutim Osvaldo Gonçalves, saúda os atletas alcoutenejos pela conquista alcançada e menciona a importância da mesma no reforço da imagem do concelho com potencial desportivo, onde o desporto dispõe de infraestruturas e vários programas de apoio que estimulam a prática individual e muito em especial o associativismo desportivo.