Francisco Neto: «As jogadoras merecem desfrutar deste resultado»

  • Print Icon

No final do jogo de hoje, 1 de março, que opôs Portugal e Suécia, Francisco Neto, o técnico da equipa portuguesa, mostrou-se «muito feliz pela exibição da equipa», considerando que o resultado foi «fruto» do que a sua equipa fez em campo e da «concentração».

O selecionador nacional considerou que hoje Portugal venceu «uma das melhores equipas do mundo de forma justíssima», e que esse feito o deixa «muito orgulhoso». «As jogadoras merecem desfrutar deste resultado», disse Francisco Neto.

O treinador português admitiu que este resultado foi essencial para as jogadoras «ficarem mais confiantes e acreditarem nelas próprias». A diferença entre as duas equipas, no ranking, não assustou a equipa nacional – «as referências são diminuídas dentro do campo».

Cláudia Neto

«Já tivemos maus momentos, mas crescemos muito e agora conseguimos enfrentar qualquer equipa olhos nos olhos», explica Francisco Neto. A fórmula para o que resta do torneio é, para o português, simples: «manter a estratégia que já estava delineada, recuperar lesões, promover alguma rotatividade e fazer as jogadoras crescer».

«A maturidade é uma das características que as jogadoras têm mostrado. Sabemos que temos de deixar tudo em campo para acreditar até ao fim que podemos dar a volta, e hoje isso aconteceu», rematou em jeito de conclusão Francisco Neto, o selecionador nacional de futebol feminino.

Já a algarvia Cláudia Neto, que marcou o golo da vitória da seleção das quinas, afirmou que a equipa «foi muito combativa», e que «continua a mostrar o seu valor». Para o jogo frente à Suiça, o segredo é «continuar a trabalhar».

Fotos – João Chambino @ Barlavento