Farense sem ideias perde em Guimarães e coloca-se em apuros

  • Print Icon

O Farense deslocou-se a Guimarães onde defrontou a equipa B do Vitória Sport Clube, hoje, domingo, 17 de março, em encontro a contar para a 26ª jornada da Ledman LigaPro. As duas equipas estão na luta pela manutenção e, após os restantes resultados desta ronda, tinham neste jogo oportunidade de ganhar pontos a vários competidores diretos.

A equipa vimaranense entrou mais forte e pressionante, obrigando o setor recuado dos algarvios a atenção redobrada nos instantes iniciais da partida. Logo aos 2 minutos, Hugo Marques tirou o golo a Aziz, que se isolava. E o ganês voltou a criar perigo aos 9 minutos, quando cabeceou forte ao lado da baliza do Farense.

O Farense respondeu aos 11 minutos por intermédio de Mayambela, que ganhou as costas à defensiva do Vitória B, proporcionando uma boa defesa ao guardião adversário. E aos 20 minutos, uma falha de Tiago Martins quase permitia o golo a Kitambala. O francês, no entanto, não conseguiu desviar com sucesso para a baliza, de um ângulo muito apertado.

O jogo estava frenético, numa toada de parada e resposta, e o Vitória B respondeu com nova oportunidade por Aziz, que à boca da baliza algarvia serviu de defesa central e desviou por cima, falhando um golo «feito» e salvando o Farense.

Aos 30 minutos, na cobrança de um livre a favor da equipa da cidade berço, Hélder levou a bola a tirar tinta do poste da baliza do conjunto de Faro. Quando o cronómetro chegava ao minuto 40, Mayambela voltou a ganhar espaço à entrada da área e disparou um forte remate que passou por cima da baliza dos nortenhos.

A primeira parte chegou ao fim com o nulo no marcador, num jogo muito elétrico e com as duas equipas a procurar jogar para a frente. No regresso dos balneários, o Vitória B voltou a entrar mais afoito e aos 48 minutos dispôs de boa oportunidade por Aziz, que em boa posição atirou por cima.

Logo de seguida, aos 50 minutos, polémica em Guimarães – Jorge Ribeiro cobrou um livre na direita do ataque farense e Cássio cabeceou para o fundo das redes. O árbitro, no entanto, anulou o tento algarvio por suposta falta sobre o guardião vimaranense. O lance deixou muitas dúvidas.

O Farense aparentava baixar a intesidade do jogo, e o Vitória ia crescendo. Aos 62 minutos, Hélder, com um remate de fora da área, abanou as redes algarvias mas pela malha de fora. Que susto para a turma algarvia!

Álvaro Magalhães tentou revitalizar a equipa aos 71 minutos, quando lançou em campo Irobiso, que regressou à competição depois de cumprir três jogos de castigo, por um cartão vermelho direto visto no jogo dos algarvios frente à Académica de Coimbra.

Mas não resultou. Aos 76 minutos, o Vitória B chegaria ao golo, depois de Hélder aparecer em boa posição na área algarvia, não enjeitando a oportunidade para fuzilar Hugo Marques. 1-0 para os homens da casa. Sofrer nas retas finais das partidas tem sido, nesta época, regra para os algarvios.

O Farense, como em tantas outras situações ao longo da época, foi atrás do prejuízo mas sem discernimento suficiente. A partida chegou ao fim com a derrota dos algarvios, que somam os mesmos 29 pontos e estabilizam no 14º lugar, apenas um ponto acima da linha de água. Na próxima jornada, a 27ª da Segunda Liga, a turma de Faro recebe o Sporting da Covilhã no Estádio de São Luís, num jogo com data ainda por definir.

Vitória Sport Club B vs Farense

Estádio D. Afonso Henriques, Guimarães

Vitória B – Tiago Martins, João Correia (Ouattara, 68 min), Tapsoba, Romain, Sualehe, Al Musrati, Phete, Hélder, Mimito, Aziz (Rosier, 85 min), André Almeida (Olivares, 64 min).

Treinador: Alex Costa

Suplentes não utilizados: Daniel Figueira, Dénis, Elias, Reisinho.

Farense – Hugo Marques, Fabinho, Bruno Bernardo, Cássio, Jorge Ribeiro, Carlos Moura, Fabrício, Daniel Bragança (Nuno Borges, 73 min), Alvarinho (Fábio Nunes, 63 min), Mayambela, Kitambala (Irobiso, 71 min).

Treinador: Álvaro Magalhães

Suplentes não utilizados: Miguel Carvalho, Perisic, André Vieira, Tavinho.

Árbitro: Cláudio Pereira

Golos: Hélder (76 min).

Amarelos: Cássio (14 min e 90 min), Ali Elmusrati (18 min), João Correia (49 min), Fábio Nunes (90 min), Olivares (90 min), Mimito (90 min).

Vermelhos: Cássio (90 min).