Álvaro Magalhães: «Temos mais cinco finais para vencer e honrar este emblema».

  • Print Icon

No final da partida desta manhã de domingo, 14 de abril, entre Farense e Estoril Praia, o técnicos dos «canarinhos» Bruno Baltazar considerou o jogo «muito equilibrado». O treinador estorilista queria «conquistar os três pontos» mas faltou «concretizar as oportunidades que existiram na segunda metade». Para Baltazar, o Farense foi «feliz».

Admitindo que os algarvios «são uma equipa com qualidade, numa posição classificativa que não reflete a sua real valia», Bruno Baltazar destacou ainda «um penalty por assinalar» a favor da sua equipa.

Para Álvaro Magalhães a vitória do Farense foi «justa, frente a um adversário com muito valor, com jogadores cheios de experiência». «Este campeonato é muito desgastante e competitivo», admitiu o técnico dos algarvios, que considera ter «mais cinco finais para vencer, e honrar um emblema histórico».

Num jogo em que acertou em cheio nas substituições, Magalhães deu «os parabéns a todos, jogadores, cidade, adeptos».

«Estes eram três pontos muito importantes, mas agora passam a ser os de sexta-feira. Peço a todos os farenses que venham ao estádio apoiar a equipa», foi o apelo deixado por Álvaro Magalhães à cidade de Faro.