«Verão em Tavira» está prestes a chegar com muita cultura e arte

  • Print Icon

Programa incide em várias vertentes culturais.

O Verão em Tavira propõe, na segunda quinzena de julho e durante todo o mês de agosto, um programa cultural adequado à atual realidade «e que irá despertar, certamente, o interesse de todos, locais e visitantes».

Apesar da situação de pandemia, o município de Tavira considera «que se deve continuar a apostar na cultura e nas diferentes formas de arte», e neste sentido, e porque se comemoram este ano os 500 anos de elevação a cidade, a autarquia definiu um conjunto de iniciativas, tendo em conta o cumprimento de todas as normas de higiene e segurança recomendadas pela DGS para este tipo de atividades. Toda a programação será realizada ao ar livre.

O programa arranca, no dia 16 de julho, com o Jazz no Palácio da Galeria, que decorre até dia 18, às 22h00, no Pátio do Palácio da Galeria.

Já no Parque do Palácio da Galeria são esperados «grandes nomes do panorama musical português, mas também projetos locais e regionais» de 23 de julho a 29 de agosto.

O fado também estará em destaque. Nos dias 23 de julho, 6 e 29 de agosto, este estilo musical, classificado como Património Cultural Imaterial da UNESCO, animará as noites de verão. Depois, vários concertos de música eletrónica, marcados para os dias 5, 12, 19 e 26 de agosto, decorrem nos claustros do Convento do Carmo.

De 31 de julho a 30 de agosto, é possível assistir, na Ermida de São Roque, a duas obras em videoarte, numa iniciativa da responsabilidade do Museu Zer0. A sétima arte também marca presença, com a Mostra de Cinema de Tavira, que decorre entre 17 de julho e 16 de agosto, nos claustros do Convento do Carmo. Uma organização do Cineclube de Tavira, que conta com o apoio da autarquia.

Destaque ainda para o Museu Municipal de Tavira, que acolhe várias exposições que poderão ser visitadas de terça-feira a sábado, das 10h00 às 19h00.