Teatro das Figuras recebe «A Sagração da Primavera – Made in China»

  • Print Icon

O Teatro das Figuras vai receber duas apresentações da peça de dança contemporânea A Sagração da Primavera – Made in China, num espetáculo inédito, em parceria com a Orquestra Clássica do Sul, nos próximos dias 22 e 23 de março, sexta-feira e sábado.

Esta nova versão, inspirada no bailado clássico criado para a companhia parisiense Ballets Russes, tem coreografia e conceito de Daniel Cardoso, diretor artístico da companhia de dança Quorum Ballet, a coreógrafa convidada chinesa Xie Xin, dramaturgia de Pedro Alves e composição musical de Jorge Silva.

A Sagração da Primavera – Made in China é um trabalho coreográfico produzido, idealizado e concretizado em total colaboração entre Portugal e China, no âmbito de uma residência artística do Quorum Ballet naquele país. A produção estreou no dia 24 de janeiro de 2018, no Shanghai Oriental Arts Center, estendendo-se depois para Wuhan, Changsha e Zhuzhou, num total de 6 espetáculos com 7500 espetadores presentes.

Segundo Daniel Cardoso, «esta peça revelará a encruzilhada das nossas histórias e dos artistas chineses com quem nos encontrámos e trabalhámos. A Sagração da Primavera será o território onde os artistas portugueses e chineses se encontram. A peça será uma viagem inspirada na cultura chinesa através de um olhar ocidental. A principal inspiração para esta criação vem do Exército de Terracotta de Qin Shi Huang».

Nas duas sessões que terão lugar no Teatro das Figuras, a icónica obra de Igor Stravinsky será interpretada pela Orquestra Clássica do Sul, com direcção de Rui Pinheiro, maestro titular daquela formação.

Toda a programação para o mês de março, bem como informação relativa a preços, reservas e vendas on-line, está disponível no sítio da internet do Teatro das Figuras.