Silves e SB Messines celebram aniversário de João de Deus em março

  • Print Icon

O poeta e pedagogo messinense João de Deus será destacado pelo município de Silves e pela Junta de Freguesia de São Bartolomeu (SB) de Messines a partir do dia 7 de março, e ao longo de todo o mês, numa extensa programação que tem como objetivo assinalar o 189º aniversário desta ímpar figura das letras nacionais.

Este programa vasto de iniciativas, promovido pela autarquia, tem como objetivo «promover sinergias, visando a criação de uma programação cultural diversificada, diferenciadora e inovadora destinada a todos os púbicos, que permita destacar eesta eminente figura da história das artes e das letras nacionais, recordando aquele que terá sido o primeiro festival literário português – O Festival de João de Deus, promovido no dia 8 de março de 1895 e que uniu o povo e o rei, os intelectuais e os aprendizes em torno daquele que era visto como o poeta do povo, o ilustre mestre da arte da leitura», explica a autarquia de Silves.

O momento mais alto deste vasto programa vive-se no dia 8 de março, dia de aniversário do homenageado – pelas 10h00, a presidente da Câmara Municipal de Silves, Rosa Palma, fará a colocação de uma coroa de flores junto ao monumento a João de Deus, em São Bartolomeu de Messines, momento esse que reunirá também os alunos do Jardim Escola João de Deus e do Jardim de Infância de SB Messines, os alunos do Pré-Escolar de Casa do Povo desta localidade e as escolas EB1 de Amorosa e Messines, bem como os utentes do Centro Social e Cultural João de Deus e da Plataforma Sorrir M da Casa do Povo.

Este momento terá, ainda, uma Parada de Bombeiros Voluntários de SB Messines e uma largada de pombos pela Sociedade Columbófila, terminando com um apontamento poético/musical, dinamizado pelo Clube da Batucada CPSB Messines.

O programa em vigor para o dia de aniversário de João de Deus inclui também a abertura de uma mostra documental, às 16h00, na Casa-Museu João de Deus (CMJD), intitulada «Comenius e João de Deus – a Arte de Ensinar», e a realização de uma palestra sobre «Ensino e Pedagogia – A Arte de Ensinar», às 16h30, no mesmo local. Os oradores neste evento serão Carla Vilhena (Universidade do Algarve), Isabel Ruivo (Escola Superior de Educação João de Deus), Francisco Casanueva e Eduardo Berga (Fundação Rosacruz). A iniciativa é aberta ao público em geral.

Ao longo de todo este dia, em que se assinala igualmente o «Dia Internacional da Mulher», diversos espaços públicos do concelho serão incluídos na ação «Mulherpoesia», «que surpreenderá as mulheres» com a oferta de uma flor e de um poema deste autor messinense.

As celebrações do dia de aniversário do poeta terminam às 21h00, com uma sessão do Jazz nas Adegas (que se repete no dia 9 de março, às 17h00), que recordará os serões de João de Deus e decorrerá na Herdade do Barranco do Vale, sendo aberta ao público maior de 18 anos. Os ingressos têm um custo associado de 12 euros (inclui, para além do concerto, prova de vinhos do produtor, degustação de tapas de produtos locais, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho), encontrando-se à venda na plataforma BOL ou nos locais habituais. O evento destina-se a maiores de 18 anos.

Mas este vasto programa contém outros destaques. Por exemplo, a sessão «Os Contos e os Livros», dinamizada por Serafim no dia 7 de março, às 18h30, na CMJD, com entrada livre, bem como o concerto «Desfados» de Ondina Santos, que também no dia 7 de março animará o Jardim-Escola João de Deus, em SB Messines, às 21h00.

No dia 9 de março, às 21h30, terá lugar o Concerto D’O Gajo, que é o músico João Morais. Acompanhado da sua viola campaniça e com participação especial do ator José Anjos (que lerá poemas de João de Deus, ele mesmo um exímio tocador de viola), trará ao Auditório Francisco Vargas Mogo (Caixa de Crédito Agricola de SB Messines) as sonoridades do seu novo disco «As 4 Estações d’O GAJO», nome inspirado numa das obras de maior referência da música clássica («Le Quattro stagioni» – Antonio Vivaldi – 1723).

Outro grande momento destas comemorações acontecerá no dia 28 de março, com um concerto do António Manuel Ribeiro, vocalista dos UHF, e de Tim, vocalista dos Xutos de Pontapés. Mais uma vez o Auditório Francisco Vargas Mogo terá entrada livre para todos os que quiserem assistir a esta atuação, com início marcado para as 21h30.

Ao longo destes dias, o poeta e pedagogo será homenageado com iniciativas desportivas, musicais e artísticas, sendo também colocadas diversas placas toponímicas e memoriais nas freguesias de SB Messines, Silves, Tunes e Pêra, «permitindo que a população do concelho e os visitantes acedam a informações sobre a sua vida e obra, através da introdução de um código QR», revela o município silvense.