Muito jazz nas últimas semanas do «365 Algarve»

  • Print Icon

A terceira sessão do concorrido Jazz nas Adegas chega ao fim com os ritmos quentes do quarteto Miss Manouche, enquanto que o Algarve Jazz Gourmet Moments Festival regressa entre 24 e 26 de maio e traz grandes nomes deste estilo musical, como Ed Motta e Peter Cincotti, em estreia absoluta na região algarvia.

O ritmo dos Miss Manouche vai invadir o castelo de Silves para a última sessão do Jazz nas Adegas. No sábado, 25 de maio, o quarteto traz o ritmo do swing e do gypsy jazz de Django Reinhardt, interpretando os êxitos vocais dos primeiros dias de rádio. Um espetáculo repleto de ritmos quentes que apelam à dança.

Esta terceira edição do Jazz nas Adegas fecha assim a sua programação deste ano, que foi marcada pela forte adesão do público. Nesta última sessão, todos os produtores de vinhos de Silves estarão presentes, para celebrar esta união num evento que celebrou ainda os novos valores identitários de Silves – a cortiça, a poesia e o património monumental.

Os ingressos para esta última sessão, com Miss Manouche, a 25 de maio custam 12 euros e incluem, além da entrada no concerto, prova de vinhos, degustação de tapas de produtos locais, um voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho. Podem ser adquiridos aqui

Já o Algarve Jazz Gourmet Moments Festival volta a aliar a gastronomia gourmet com alguns dos maiores ícones do jazz mundial. Esta terceira edição, entre 24 e 26 de maio, vai trazer, em estreia absoluta no Algarve vários nomes da cena internacional do jazz.

No primeiro dia do festival, sexta-feira, 24 de maio, a Orquestra de Jazz do Algarve contará com Benny Golson e Dena DeRose para um concerto único, interpretado por duas referências do jazz mundial. Benny Goldson é um dos mais importantes nomes na evolução do jazz contemporâneo e Dena DeRose, pianista e cantora, já trabalhou com os grandes do género como Randy Brecker, Bruce Forman, Ray Brown, Clark Terry, Houston Person, Ken Peplowski, para além do próprio Goldson. Os bilhetes, a 12 euros, podem ser adquiridos aqui.

Depois, no sábado, dia 25 de maio, às 21h30, no Centro Cultural de Lagos, é a vez de Peter Cincotti subir ao palco. Aclamado, pelo New York Times, como um dos «cantores e pianistas mais promissores da próxima geração», o também compositor mostra na sua música influências do jazz, do pop e do rock.

Em 2017 lançou Long Way from Home, o seu quarto álbum a solo, estando atualmente numa tourné mundial que agora passa por Lagos. Esta é a primeira vez de Cincotti no Algarve e o único concerto que dará no nosso país. Os bilhetes podem ser comprados aqui e têm um custo de 12 euros.

Natural do Rio de Janeiro, Ed Motta também estará em estreia absoluta no Algarve no domingo, dia 26 de maio, às 21h30, também no Centro Cultural de Lagos. Com uma longa carreira, a nível nacional e internacional, tendo já gravado e partilhado o palco com consagrados músicos como Roy Ayers, Chucho Valdés, Jean-Paul «Bluey» Maunick (Incognito) e Ryuichi Sakamoto, entre outros, Motta vai trazer ao Centro Cultural de Lagos traz o seu mais recente trabalho, «Criterion of the Senses». Os bilhetes, de 12 euros, estão à venda aqui.

Tendo como cenário a cidade de Lagos, o Algarve Jazz Gourmet Moments Festival convida à música e à descoberta de propostas gastronónimas de alta qualidade, criadas especialmente para o evento, por vários restaurantes parceiros. Os menus estão disponíveis a partir de 20 euros por pessoa, sempre acompanhados por vinho da região.