Moncarapacho acolhe mais uma edição do MonJazz

  • Print Icon

A freguesia volta a ser a capital do jazz no Algarve entre os dias 5 e 7 de julho (sexta-feira a domingo), com a 6ª edição do MonJazz.

Este ano vão passar pelo palco, montado na Praça da República, grandes nomes do jazz algarvio , com um toque internacional dado por um conceituado grupo da Andaluzia.

O festival abre no dia 5, sexta-feira, com os Hot Four, grupo algarvio que se caracteriza pelo instrumental bastante musical e uma secção rítmica melódica, onde se destaca a voz e o violino de Betty M.

No sábado, dia 6, chegam diretamente de Sevilha os Tamal Hot Band, cujas melodias se inspiram na música tradicional e atual de New Orleans, como o Dixieland (o jazz tradicional) e o Ragtime (género musical norte-americano originário nas comunidades afro-americanas nos finais do século XIX), aprofundando ainda as raízes mais profundas do funk e do soul.

O festival encerra no domingo, dia 7, com a JazzUalg, um projeto recente e que tem o selo da Universidade do Algarve.

Este grupo integra músicos residentes na nossa região e que apostam no improviso e originalidade em palco, interpretando temas de compositores como Herbie Hancock, Wayne Shorter, Horace Silver, Chick Corea, entre outros.

O MonJazz é uma referência nos festivais de jazz do Algarve, cativando inúmeros apreciadores deste género musical que costumam lotar o recinto atraídos pela qualidade dos músicos que têm passado pelo palco, instalado num local único, defronte à Igreja da Misericórdia, na Praça da República.

Todos os espetáculos começam às 21h45 e as entradas são livres