Kerstin Wagner e Ana Carvalho expõem no Centro Cultural de Lagos

  • Print Icon

Artista alemã e portuguesa abrem a nova temporada expositiva no Centro Cultural de Lagos com «uma explosão de cores do Algarve, Ártico e Amazónia».

O primeiro ciclo de exposições de 2020 no Centro Cultural de Lagos apresenta obras das artistas Kerstin Wagner e Ana Carvalho.

Até 18 de abril, poderão ser apreciados trabalhos que exploram as tonalidades naturais do Algarve na exposição «Spaces in Between», mas também a força cromática do Ártico e da Amazónia em «Azul Branco Verde Negro».

Nascida em Colónia, na Alemanha, mas uma apaixonada pelo Algarve onde reside há muitos anos, Kerstin Wagner inspirou-se na beleza natural e no azul da região para a criação das suas obras.

«Spaces in between» tem inspiração nas tonalidades e vibrações cromáticas do mar e da luz algarvios, usando três princípios opostos: movimento versus calma, caos versus harmonia, escuridão versus luz.

Através da cor, da técnica, tintas acrílicas e pigmentos, as pinturas fazem ressaltar a forte intensidade e a dinâmica visual, mas igualmente a vastidão, a profundidade e a harmonia dos  ambientes marítimos.

Já a portuguesa Ana Carvalho, artista visual e designer, parte de dois projetos multidisciplinares referentes a dois locais: o Ártico e a Amazónia.

A proposta da exposição «Azul Branco Verde Negro» centra-se na apresentação de trabalhos de desenho e pintura dessa exploração desses imensos ecossistemas que sobrevivem com a ameaça constante do processo contemporâneo – o desaparecimento e a destruição.

Os trabalhos que integram os projetos são reflexões sobre os conceitos de paisagem e lugar que jogam com a perceção visual, articulando pesquisas exaustivas relativas a histórias, cartografia, topografia e ilustração científica e registos recolhidos in loco, nomeadamente no Ártico, ao lado do arquipélago de Svalbard, durante a residência/expedição «The Arctic Circle», e na Amazónia Brasileira, na Reserva Adolpho Ducke do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazónia), durante a residência artística «Labverde».

A Exposição «Século dos Mares», de Tara e Sylvain Bongard foi prolongada até dia 12 de abril, estando também prevista a 7ª edição da MALA – Mostra de Artistas de Lagos, entre 2 de maio e 31 de julho, iniciativa que envolve todo concelho e que reúne os trabalhos dos últimos dois anos dos artistas locais nas áreas da pintura, escultura, fotografia, desenho, cerâmica, instalação e vídeo.

«Spaces in between» (Sala de Exposições 1) e «Azul Branco Verde Negro» (Sala de Exposições 2) terão a sua inauguração a 25 de janeiro e estarão patentes no Centro Cultural de Lagos até dia 18 de abril entre as 10h e as 18h. A entrada é livre.