Galerias de arte de Albufeira reabrem com novas regras

  • Print Icon

Já são conhecidas as exposições patentes na abertura dos espaços.

As galerias municipais de arte de Albufeira voltam a abrir portas em junho, com novas exposições, novos horários e novas regras de frequência.

A Galeria Municipal João Bailote acolhe de 1 a 26 de junho uma exposição de Kateryna Ilchuk, intitulada «Paisagens Urbanas».

Natural da Ucrânia, Kateryna Ilchuk chegou a Portugal para fazer um curso de mestrado em economia de turismo, continuando até agora a viver em Portugal.

Além do trabalho na área da investigação científica também pinta em acrílico, óleo e aquarela, sob a estética realista. Acredita que as pinturas são capazes de transmitir emoções positivas e dar energia vital. O determinismo para as cores contrastantes e a atenção aos detalhes que formam o seu estilo de arte original.

Kateryna é apaixonada por arte desde a infância, mas teve a sua primeira exposição apenas quando veio para Portugal. Desde então, tem participado em diversas exposições individuais e coletivas. Alguns dos seus trabalhos estão em coleções particulares, não só em Portugal, como no Reino Unido, Canadá, Alemanha, Bélgica e Holanda.

Nesta exposição é possível observar uma coleção original, que presta homenagem ao património arquitetónico de Portugal e do Algarve, em particular.

Já na Galeria de Arte Pintor Samora Barros, é possível apreciar a exposição de pintura de Manuel Rodrigues Ribeiro, a pastel seco e a aguarela, que tem por título «Ousadias IV – Nas rotas do Surrealismo».

Esta exposição pode ser vista de 1 a 29 de junho e nela é possível apreciar o resultado de experiências do autor, «tanto na área da ciência, como na área das artes», conjugadas na tela e evidenciando do percurso do pintor a «renovação de todos os valores, não só estéticos, mas também os da ciência, os da filosofia e os da própria moral», conforme se lê no catálogo.

Conhecido como Ribeiro, o artista revela que esta exposição corresponde ao momento de exploração de mais algumas das suas sensibilidades artísticas, «que embora educadas no clássico, cedo se libertaram deste básico formalismo e foram até ao inesgotável mundo do Surrealismo, onde os sonhos e a realidade se fundem numa realidade absoluta».

Ambas as exposições podem ser visitadas de segunda a sexta-feira (exceto feriados), entre as 9h30 e as 12h30 e das 13h30 às 17h30.

Atendendo às medidas de proteção devido à COVID-19, foram entretanto estipuladas novas regras de frequência das Galerias Municipais de Albufeira.

Os visitantes devem aguardar pela entrada, mediante indicação do funcionário da galeria, usar máscara própria e higienizar as mãos, respeitando o distanciamento social de dois metros, na medida em que só é permitida a permanência de duas pessoas em simultâneo, no máximo, durante 30 minutos.