Camané e Mário Laginha juntos no palco do Festival MED

  • Print Icon

O Festival MED anunciou há momentos a presença de dois artistas portugueses no cartaz da sua 16ª edição, para um espetáculo «que promete surpreender o público», espera a organização.

O fadista Camané junta-se em palco ao pianista Mário Laginha, para dois regressos ao festival louletano. Os músicos já deram vários concertos juntos, e «do excelente entendimento sentido nessas colaborações esporádicas, resultou agora o inevitável aprofundamento dessa simbiose».

«Aqui está-se sossegado» é um novo projeto pensado de raiz para dar «mais brilho a uma voz e a um piano que se descobriram cúmplices desde a primeira vez que encheram um palco».

Este espetáculo contará com cerca de duas dezenas de temas, saídos do cânone fadista tradicional, do repertório de Camané, e incluirá também inéditos compostos por Mário Laginha que, recorde-se, musicou já um poema de Álvaro de Campos – «Ai Margarida» – que integra um dos últimos discos de Camané.

A organização do MED considera que «ambos os artistas dispensam apresentações pelo brilhante currículo em cada uma das suas áreas»: Camané, no Fado, e Mário Laginha, no Jazz.

O Festival MED tem lugar na Zona Histórica de Loulé, nos dias 27, 28, 29 e 30 de junho.