Academia IluminArte da Associação Satori mostra-se hoje em Loulé

  • Print Icon

Academia IluminArte, integrada na Associação Artística Satori, apresenta hoje, domingo, dia 9 de fevereiro, às 17 horas, no Cineteatro Louletano, a sua primeira Mostra de Trabalho Formativo e Artístico desenvolvido nas áreas do Teatro, Artes Circenses e Street Art.

Com um relevante percurso de 20 anos pela Arte, feito de dinamismo, resiliência, inovação e atenção ao humano e à sua harmoniosa integração social e profissional, a Associação Artística Satori apresenta os primeiros resultados desta nova etapa encetada em 2019 com a abertura da Academia IluminArte na cidade de Loulé.

O acolhimento do público no exterior do Cineteatro está a cargo da 1ª Trupe com intervenções ligadas a várias disciplinas circenses.

Já no foyer são apresentados trabalhos de arte urbana concebidos pela 1ª Crew.

No palco a dimensão teatral é da responsabilidade da 1ª Companhia, que, baseada no trabalho de corpo e voz, pretende colher a empatia e entusiasmo do público, privilegiando-se uma utilização minimal de recursos materiais em cena. Não faltarão palhaços e trapezistas… sempre que se mergulha com os artistas.

A Associação Artística Satori nasceu em 1999 no concelho de Loulé.

No ano a seguir a instituição arrenda o seu primeiro lagar de azeite situado na Ponte da Passagem, em Querença.

Após a reconstrução do espaço durante 12 meses, iniciam-se os primeiros passos artísticos com música ao vivo, exposições e performances.

Em 2002 surge a Arte Circense e a Arte Urbana, e a Satori começa a expandir o seu talento. Apesar da sua localização no interior algarvio, isso não impediu que muitos artistas nacionais e internacionais se juntassem à associação, tendo havido muita criação e abertura de horizontes.

De 2007 a 2012, a Associação Satori continuou a sua dinâmica e conseguiu juntar recursos para em 2012 iniciar a reconstrução de um outro lagar de azeite situado na Ponte de Salir, também na zona serrana do concelho.

Atualmente, a associação dispõe de um vasto leque de serviços e atividades fruto da sua organização humana e artística, sendo constituída por 160 membros, ou «guerreiros de arte», como são apelidados na instituição, com destaque para a organização de eventos de maior escala com a participação de um elevado número de elementos em palco.

A Satori tem ainda como objetivo formar e dar oportunidade a artistas não reconhecidos, dinamizar o interior algarvio, reforçar a ação social e a intervenção do ponto de vista ambiental.

Esta Mostra tem entrada gratuita, limitada à lotação da sala, dirige-se ao público geral e tem uma duração aproximada de 120 minutos.