50 anos dos Anais de Faro lembraram Joaquim Romero Magalhães

  • Print Icon

Cerimónia de lançamento da edição deste ano ficou marcada por sentida homenagem a Joaquim Romero Magalhães.

A figura e a obra do historiador Joaquim Romero Magalhães foram as notas dominantes da sessão de apresentação do volume XLI da publicação, realizada no sábado, dia 26 de outubro no auditório, lotado, da Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa.

Rogério Bacalhau, presidente da Câmara Municipal de Faro, que presidiu à sessão, salientou a obra de historiador e a postura de cidadania do homenageado, realçando o facto de Romero de Magalhães ter dirigido a publicação desde 2009.

Lembrou ainda o presidente da Câmara, José António Pinheiro e Rosa e Libertário Viegas, os anteriores diretores, os quais pela sua ação, ajudaram a afirmar os «Anais» como uma publicação de referência, constituindo um valioso registo da memória da comunidade farense ao longo dos séculos.

Outro momento alto e emotivo da sessão foi a intervenção da esposa de Romero Magalhães, que traçou um perfil académico e vivencial do homenageado.

Este volume dos Anais, comemorativo dos 50 anos da publicação, foi apresentado pelo historiador Álvaro Garrido, professor da Universidade de Coimbra e antigo doutorando de Romero Magalhães.

A sessão contou ainda com a atuação do Grupo Coral Ossónoba.