Documentário olhanense «Cavalos de Guerra» faz furor na América

  • Print Icon

Documentário de conservação marinha do município de Olhão «Cavalos de Guerra» é seleção em dois festivais de cinema o continente americano.

O documentário de conservação marinha do município de Olhão «Cavalos de Guerra» é seleção oficial na categoria «Natureza e Vida Selvagem» do International Environmental Film Festival of Patagonia, de Puerto Madryn, Argentina.

Entre centenas de candidatos oriundos de todo o mundo, Portugal, assim como a Argentina e a Alemanha, foram os três países eleitos para projetar aqueles que foram considerados os melhores filmes desta categoria.

Devido à pandemia, a 5ª edição do festival será realizada de 1 a 5 de outubro, online e gratuitamente.

O filme «Cavalos de Guerra», realizado por João Rodrigues e produzido pela Chimera Visuals, será exibido no dia 5 de outubro pelas 23h00 (hora portuguesa) aqui.

Já na América do Norte, as boas notícias para o cinema português dedicado à conservação ambiental, chegaram de Los Angeles, Califórnia, cidade berço do San Pedro International Film Festival no qual «Cavalos de Guerra» é Seleção Oficial na categoria «Curtas-metragens» e finalista candidato ao prémio de melhor curta-metragem da 9ª edição do festival. A edição de 2020, que será online, terá lugar entre 5 e 8 de novembro.

Foto: João Rodrigues | Chimera Visuals.

Para António Miguel Pina, presidente do município de Olhão, «a conquista deste reconhecimento internacional é um motivo de orgulho enorme para todos os portugueses e mais uma prova de que a Ria Formosa é um ex-libris do nosso património natural que precisa de ser protegido e preservado em prol da sustentabilidade da vida selvagem e de todas as comunidades que dele dependem».

Pela primeira vez, a Ria Formosa e a sua extraordinária comunidade de cavalos-marinhos serão representadas em prestigiados festivais de cinema além-fronteiras.