Vicentina apoia emprego e empreendedorismo com dois milhões de euros

  • Print Icon

Associação vai intervir nos seus Grupos de Ação Local.

A Vicentina – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste abriu avisos para as candidaturas ao Sistema de Apoios ao Emprego e ao Empreendedorismo + CO3SO Emprego, nos três Grupos de Ação Local (GAL) por si dinamizados – Adere 2020, Silves Cidade 2020 e Lagos Cidade 2020.

O desafio que se impõe, segundo a Associação, «é grande: a criação de emprego deve facilitar e estar articulada com a execução das estratégias de desenvolvimento local dos GAL, ou seja, é este um dos principais objetivos, que deve ser respeitado na elaboração dos projetos».

São três as modalidades do sistema de incentivos: + CO3SO Emprego Interior, + CO3SO Emprego Urbano e + CO3SO Emprego Empreendedorismo social.

Estas três medidas reúnem uma dotação com o valor de 2008247,00 euros, para que os beneficiários «procedam à criação de postos de trabalho, criação essa comparticipada integralmente, excluindo os subsídios de férias e de natal». Acresce ainda um valor de 40 por cento para financiamento de outros custos associados aos postos de trabalho criados.

No âmbito do GAL Adere 2020, estão previstas as seguintes modalidades: +CO3SO Emprego Interior, +CO3SO Emprego Urbano e +CO3SO Emprego Empreendedorismo Social.

No que respeita ao +CO3SO Emprego Interior, os apoios destinam-se às zonas de baixa densidade como Aljezur, Vila do Bispo e Monchique, abrangendo todas as freguesias destas localidades. No +CO3SO Emprego Urbano, serão abrangidas apenas algumas freguesias como a Mexilhoeira Grande, União de Freguesias de Bensafrim e Barão de São João, Silves e União de Freguesias de Algoz e Tunes. Relativamente ao +CO3SO Emprego Empreendedorismo Social, aplica-se a todo o território referido anteriormente.

Já no GAL Lagos Cidade 2020, são duas as modalidades de operacionalização: +CO3SO Emprego Urbano e +CO3SO Emprego Empreendedorismo Social.

Os apoios destinam-se apenas a zonas especificas dentro da cidade: Centro Histórico, Bairros, Chinicato e Meia Praia. A elegibilidade geográfica é um ponto chave na compreensão e boa realização da candidatura. O local onde se realiza o projeto deve estar inserido nos territórios supramencionados mas, no entanto, se o mesmo não se verificar, existe uma solução – contratar pessoas com residência fiscal naquele território.

Por fim, no que toca ao Silves Cidade 2020, são também duas as tipologias: +CO3SO Emprego Urbano e +CO3SO Emprego Empreendedorismo Social.

O território coberto pelas duas modalidades acima mencionadas é o Centro Histórico, Silves Gare, Escolas, Caixa de água, Monte Branco e, por fim, o Enxerim. O restante território da cidade de Silves pode recorrer ainda a apoios através do GAL Adere 2020, desde que cumpra a elegibilidade geográfica prevista nos avisos às candidaturas.

O objetivo desta ação «é claro: apoiar o emprego e o empreendedorismo, através do apoio à criação do próprio emprego e de postos de trabalho para micro e pequenas empresas, sem esquecer a componente do empreendedorismo social, para o apoio ao emprego no sector social».

Todos os setores são abrangidos, com exceção da agricultura e floresta, pesca e aquicultura, e também a transformação e comercialização de produtos agrícolas.

O prazo de entrega das candidaturas ocorre de forma faseada, sendo que a 1ª fase encerra a 15 de Setembro e a 2ª a 16 de Novembro.

A associação está disponível para esclarecimentos de dúvidas através de telefone (282 680 120) ou por e-mail.