UAlg garante alojamento para estudantes junto de operadores locais

  • Print Icon

Está já garantido um reforço de até 170 camas a custo controlado.

A Universidade do Algarve (UAlg) reuniu ontem, segunda-feira, 28 de setembro, com vários operadores de Alojamento Local (AL), com o objetivo de encontrar soluções céleres e alternativas que permitam aumentar o número de camas destinadas a estudantes deslocados, dando resposta ao elevado número de candidatos colocados na 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, o maior aumento dos últimos 20 anos.

A Academia pretende assim estabelecer uma parceria com vários operadores de AL, certificados e licenciados, em colaboração com a Direção-Geral do Ensino Superior e com a Câmara Municipal de Faro. Atualmente, 10 operadores já manifestaram o seu interesse em participar, o que permitirá um reforço de até 170 camas, disponibilizadas a preços regulados, valor que não poderá ultrapassar os 241,35 euros por estudante.

Esta plataforma encontra-se em atualização, estando ainda aberta a outros operadores de AL interessados em integrar a iniciativa.

Refira-se que os Serviços de Ação Social da Universidade do Algarve dispõem de nove Residências Universitárias, com 533 camas, destinadas aos estudantes de licenciatura e mestrado.

Os bolseiros abrangidos pelo Sistema de Atribuição de Bolsas de Estudo têm prioridade, podendo os restantes beneficiar deste apoio, caso o número de camas disponíveis assim o permita.

A UAlg considera que esta medida «constitui um importante apoio para os estudantes e respetivas famílias, permitindo encontrar soluções mais adequadas, quer na monotorização, quer na transparência das ofertas disponibilizadas».

O número e tipo de camas disponíveis, bem como os operadores aderentes, serão diariamente atualizados no site da Universidade, num processo de monitorização permanente. A informação será disponibilizada logo que possível.