Sandra Lopes, diretora criativa farense subiu ao palco do Web Summit

  • Print Icon

Sandra Lopes, designer de comunicação e ilustradora, foi convidada a apresentar o Creatiff Stage, conferência dedicada ao Design, Criatividade e Tecnologia no Web Summit, em Lisboa.

Na Kobu, agência criativa digital sediada em Faro, Sandra Lopes é sócia e diretora criativa, coordenando uma equipa que começou com Nuno Tenazinha há cinco anos, e hoje é composta por 18 criativos de diferentes áreas que se complementam, desde designers a copywriters, passando por programadores, marketers e tipógrafos.

Retratados como Millennials e Vegans pela Briefing, publicação nacional especializada em Marketing, a agência tem dado cartas na área do branding – criação de marcas e estratégia digital. Com clientes a nível regional como Ombria Resort, Tivoli Hotels & Resorts e Mar Shopping Algarve, a agência desenvolve já projetos em vários países da Europa.

O convite para o Web Summit veio da própria organização do evento, que seleionou a Kobu como uma das principais agências criativas em Portugal, e desafiou Sandra a ser a mestre de cerimónias do palco Creatiff durante a tarde de terça-feira, dia 5 de novembro, dedicada a uma discussão sobre o futuro do Design.

Com algum nervosismo mas principalmente muito entusiasmo, para Sandra esta experiência foi «uma fantástica oportunidade de provar que nem toda a massa crítica do mundo criativo se encontra nos grandes centros urbanos como Lisboa e no Porto».

Após 10 anos a estudar e trabalhar em Lisboa, Sandra acredita ter encontrado em Faro, a sua cidade natal, o equilíbrio ideal entre trabalho e qualidade de vida, o que contribui para uma elevada criatividade.

«É perfeito quando consegues conciliar a profissão que amas com o sítio que consideras a tua casa. Grande parte dos projetos enquadrados na área criativa e digital, não têm forçosamente de ser desenvolvidos in loco, o que permite bastante flexibilidade na escolha do sítio onde te pretendes fixar», diz.

No palco, teve o prazer de dar as boas-vindas a personalidades relevantes no mundo do design como Sairah Ashmann, CEO da agência Wolff Olins, e Brian Collins, reputado designer americano, que no seu percurso tem trabalhos premiados para marcas como a Dove, Coca-Cola, Levi’s, Kodak, Avon, MTV, Spotify, entre outras.

Durante a conferência foram debatidos temas como os valores e princípios das marcas na atualidade, tecnologia e futuro da animação, o design num mundo global, rebrandings de sucesso e finalizou com a palestra «Porque o futuro pertence apenas aos imaginativos» de Brian Collins, que atraiu milhares de participantes ao palco Creatiff.