PSD Olhão contra a aquisição do edifício da BelaOlhão pelo município

  • Print Icon

Social-democratas consideram que município tinha «interesse puramente imobiliário».

Os eleitos pelo Partido Social Democrata (PSD) na Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Olhão votaram contra a proposta de aquisição, pelo município, da parte da Ambiolhão E.M., do imóvel da antiga fábrica BelaOlhão, naquela zona industrial da cidade.

Recentemente, em Assembleia Municipal, a bancada municipal do PSD acusou o município de «uso do poder da Administração Local para realizar operações com interesse puramente imobiliário». Na declaração de voto, a bancada do PSD recorda que «a compra do edifício, em co-propriedade com a Ambiolhão, tinha como objetivo a instalação dos serviços e oficinas desta Empresa Municipal, o que nunca chegou a acontecer, como era previsível».

Tratando-se de «uma zona de excelente localização, na frente litoral, em área de franca expansão da malha urbana com potencial urbanístico futuro», a bancada do PSD considerou «descontextualizada a eventual instalação dos serviços de estaleiros e oficinas da Ambiolhão naquele local privilegiado» da cidade.

O PSD considera, assim, que «a verdadeira intenção do município não foi a de servir o interesse público, mas sim viabilizar um negócio no valor de 4500000,00 euros com objetivos de investimento imobiliário».

Segundos os membros da concelhia, «esta suspeita foi confirmada pela proposta do Plano de Pormenor Este de Olhão, que incide sobre a área da antiga fábrica, e vem justificar a aquisição da totalidade do imóvel por parte da Câmara Municipal».