Obras no cordão dunar na Praia de Alvor suspensas durante o verão

  • Print Icon

Trabalhos de alimentação artificial e reforço da duna adiados para que os veraneantes desfrutem da estância balnear, que este verão, volta a ter Bandeira Azul.

A intervenção, cuja entidade promotora é a Agência Portuguesa do Ambiente – Administração da Região Hidrográfica do Algarve, será retomada nos últimos dias de setembro, devendo estar concluída até final do ano.

Refira-se que, atualmente, os trabalhos decorrem apenas num troço de cerca de 150 metros, situação que perdurará até junho, de modo a que não haja quaisquer condicionalismos no areal para os banhistas nos meses de julho e agosto.

Com esta intervenção, a areia retirada da ria é encaminhada, através de condutas, para a zona da Praia de Alvor, o que permitirá o alargamento da área das dunas em cerca de 10 metros. O areal irá crescer 25 metros, num troço com cerca de dois quilómetros.

A medida tem por objetivo assegurar a defesa natural contra os episódios erosivos e encontra-se abrangida no POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, com um custo total elegível de 1.989.909,49 euros, sendo o apoio financeiro da União Europeia de 1.691.423,06 euros e o apoio público nacional na ordem dos 298.486,43 euros.