Material pirotécnico era vendido perto de bomba de gasolina em São Brás

  • Print Icon

Mulher de 70 anos foi identificada.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de São Brás de Alportel e o Destacamento de Intervenção de Faro identificaram, no dia 19 de fevereiro, quarta-feira, uma mulher de 70 anos, no âmbito de uma fiscalização a um estabelecimento comercial no concelho de São Brás de Alportel.

Este estabelecimento, onde se efetuava a venda dos artigos pirotécnicos, encontra-se a uma distância aproximada de 15 a 20 metros de uma estação de abastecimento de combustível.

No decorrer da ação, os militares apreenderam 17 quilos de matéria pirotécnica, e verficaram várias infrações no estabelecimento: venda direta de artigos pirotécnicos em estabelecimento; falha na rotulagem dos artigos pirotécnicos; falta de faturação da venda dos artigos pirotécnicos; falta de alvará no momento da fiscalização, para a venda dos artigos pirotécnicos; os artigos pirotécnicos encontravam-se junto de artigos alimentares e excesso de matéria ativa NEC (National Eletric Code) autorizada para venda.

Após a apreensão e transporte efetuada pela equipa EOD (Explosive Ordnance Disposal), foi possível apurar que os artigos pirotécnicos apreendidos totalizavam aproximadamente 17 quilos de matéria ativa (NEC). Os factos foram remetidos ao Tribunal judicial de Faro.