Loulé homenageia Álvaro Clemente com placa toponímica

  • Print Icon

Álvaro Clemente destacou-se além-fronteiras no mundo da moda.

Decorreu no passado sábado a cerimónia de descerramento da placa toponímica do largo Álvaro Clemente, na praceta junto ao edifício do Solar da Música Nova. Ilustre louletano que se destacou além-fronteiras no mundo da moda, levando a sua arte de alfaiate a várias partes do Globo, sobretudo à América Latina, Álvaro Clemente tornou-se um empresário de sucesso, com uma forte dinâmica associativa.

Neste momento de homenagem, o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, sublinhou «o papel de Álvaro Clemente da Luz na elevação do nome da sua terra natal e projeção de Loulé no estrangeiro, contribuindo assim para o prestígio deste concelho».

Por outro lado, o autarca relembrou «os muitos louletanos que saíram para outras partes do mundo em busca de uma vida melhor e que alcançaram sucesso nas suas áreas de atividade, com uma integração plena nos países que os acolheram, tornando-se símbolos de perseverança e de orgulho para este concelho».

Álvaro Clemente da Luz emigrou para a Venezuela, onde se tornou num dos mais conceituados criadores de moda masculina de toda a América Latina. Importantes personalidades desse território, como os presidentes das repúblicas de Porto Rico, Guatemala, Honduras, Equador e Venezuela, frequentaram as lojas «Clement».

A sua moda chegou aos Estados Unidos da América e ao resto da Europa. Na lista dos seus clientes constam nomes como o falecido presidente americano, John Kennedy.

Destacou-se ainda pelo importante papel associativo, tendo fundado e liderado diversos organismos de apoio aos empresários das comunidades portuguesas na Venezuela. Foi agraciado com diversas condecorações «e é, sem dúvida, uma das principais personalidades naturais do concelho de Loulé que elevaram o nome de Portugal além-fronteiras», afirma a autarquia.