Lagos prepara programa para ocupar crianças e jovens no verão

  • Print Icon

Execução do programa estará sempre dependente do levantamento prévio das medidas de contingência relativas ao surto de COVID-19.

Já a pensar no período pós surto da COVID-19 «e com a expetativa de que o quotidiano retome a sua dinâmica habitual», a Câmara Municipal de Lagos aprovou na sua última reunião ordinária – realizada na passada quarta-feira, 25 de março, à porta fechada – as condições de participação no programa Viver o Verão 2020.

O objetivo passa por «facilitar a gestão das famílias que têm no período do verão o seu pico de trabalho, necessitando de ocupar de forma lúdica e pedagógica as suas crianças e jovens», num projeto que conta com o envolvimento e apoio das juntas de freguesia e clubes locais, entre outros parceiros, e está orçado em 173900,00 euros.

A execução deste programa estará sempre dependente do levantamento prévio das medidas de contingência relativas ao surto de COVID-19.

Serão mais de 350 vagas para crianças dos seis aos 15 anos e 180 vagas destinadas aos jovens monitores, em atividades que se irão desenvolver nos meses de julho e agosto.

Para esta edição, há um acréscimo de vagas e a generalização da modalidade de participação «Manhã e Tarde» a todos os núcleos do projeto, designadamente ao polo da Luz, à semelhança do que já acontecia com os núcleos de Lagos, de Odiáxere e de Bensafrim.

Relativamente aos participantes, estes serão distinguidos entre os Minis e os Juniores, sendo estes últimos os participantes com 14 e 15 anos que, não tendo ainda possibilidade de desempenhar a função de monitores, acompanham os mais pequenos nas e iniciam uma aprendizagem com os monitores, de modo a que em futuras edições já estejam mais preparados para assumir essa tarefa e responsabilidade.

Os monitores, que deverão ter entre 16 e 25 anos, irão na sua maioria acompanhar as crianças participantes, estando definidas algumas vagas para aqueles que pretendam colaborar nas ações de promoção e sensibilização ambiental que serão desenvolvidas nas zonas balneares pelos serviços da autarquia.

As inscrições decorrem, para os jovens, de 6 a 24 de abril e, para as crianças, de 4 a 15 de maio. São feitas online, em formulário a disponibilizar aqui. Os interessados também poderão entrar em contacto com os serviços da autarquia através de telefone (282 780 900) ou por e-mail.