Lagos destina 15 mil euros à pesca artesanal e a atividades culturais e juvenis

  • Print Icon

A Câmara Municipal de Lagos decidiu atribuir subsídios no montante global de aproximadamente 15 mil euros para o financiamento de atividades relacionadas com a pesca artesanal, a divulgação cultural e a dinamização de atividades para o público juvenil. Esta deliberação saiu da reunião de 6 de março.

A Associação de Armadores da Pesca Artesanal do Barlavento Algarvio vai receber um subsídio de 4 mil euros, que se destina «a comparticipar a atividade da associação, reconhecendo a importância da mesma no apoio aos armadores e pescadores e atendendo ao interesse estratégico que a pesca artesanal tem» para o desenvolvimento do município lacobrigense.

Recorde-se que esta entidade sem fins lucrativos foi fundada em 1988, chegando a atingir 130 embarcações associadas, um número que desceu nos últimos anos, fruto das alterações no setor, para as cerca de 70 embarcações. Mais de metade dos associados são de Lagos, assim como as respetivas tripulações. Entre os serviços prestados pela Associação encontram-se as questões inerentes aos cartões de operador, certificados da lotação, arqueações, cartões de gasóleo, licenças de estação, licença de pesca, motorizações, novas embarcações, modernização das embarcações mais antigas, candidaturas a subsídios, apoio a linhas de crédito, aquisição e venda de embarcações, entre outras áreas inerentes a uma embarcação de pesca e de grande utilidade para os armadores e os pescadores.

O Encontro Internacional da Associação de Guitarra do Algarve (AGA) – GUITART, que servirá para promover o intercâmbio cultural e de experiências, entre os participantes do projeto Orquestra Juvenil de Guitarras do Algarve e outros jovens que participam em projetos semelhantes noutros países, irá receber um apoio à realização de 8 mil euros por parte do município. Realizado entre os dias 12 e 18 de abril, e organizado pela AGA, o evento trará a Lagos uma orquestra juvenil da Alemanha, e culminará com um concerto no Auditório do Centro Cultural de Lagos, no dia 17 de abril.

O apoio financeiro a esta realização é sinónimo do reconhecimento da mais-valia do projeto, por parte do município. A Orquestra Juvenil de Guitarras do Algarve – desde a primeira hora apoiada pelo município e pela Junta de Freguesia (atualmente União de Freguesias de Bensafrim e Barão de São João) – «tem permitido fomentar o gosto pela aprendizagem e pela prática da música fora dos grandes centros urbanos da região, proporcionando, no caso do concelho de Lagos e através do polo de Barão de São João, aos jovens residentes nas zonas mais rurais e interiores, uma resposta de educação não-formal de reconhecido interesse e utilidade».

Quem irá receber igualmente apoio financeiro por parte do município, no valor de 3500 euros, são as associações de estudantes das escolas secundárias de Lagos (Gil Eanes e Júlio Dantas), como contributo para a organização e produção do evento anual «Miss & Mister GilDantas», a realizar no próximo dia 22 de março.

Trata-se do maior evento juvenil promovido pelas associações de estudantes de Lagos, numa organização «que tem vindo a melhorar de ano para ano, primando pela criatividade e qualidade de produção», com uma assistência superior a 1200 pessoas.