Cidadão polaco resgatado do Algar de Benagil

  • Print Icon

A Estação Salva-Vidas de Ferragudo efetuou o resgate de um cidadão polaco, de 20 anos, em dificuldades dentro do Algar José Rodeira, em Benagil, Lagoa, ao início da tarde de ontem, domingo, 12 de maio.

O alerta foi recebido às 13h40 no piquete da Polícia Marítima de Portimão, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRCC). Indicava a existência de uma pessoa em dificuldades dentro do Algar José Rodeira, em Benagil, Lagoa, tendo o Capitão do Porto de Portimão ativado para o local a embarcação e respetiva tripulação da Estação Salva-vidas «Patrão Pedro Jorge Casimiro Cardoso», de Ferragudo.

Ao chegar ao local verificou-se que para além da vítima, encontravam-se também «três pessoas que se tinham deslocado para dentro do Algar, com recurso a uma canoa e uma bóia insufláveis».

A vítima foi retirada por um tripulante da embarcação salva-vidas, que se deslocou a nado para o interior do Algar. As restantes três pessoas foram instruídas para regressar à praia de Benagil, devido à forte agitação marítima, tendo a embarcação salva-vidas acompanhado todo o regresso até ficarem na praia, em segurança.

Durante o transporte e desembarque da vítima, em Ferragudo, verificou-se que não apresentava qualquer ferimento, e por isso não necessitou de assistência médica.

A Autoridade Marítima Nacional relembra que «nadar para dentro do Algar é uma prática desaconselhada por estar na faixa de risco de queda das arribas. Existe à entrada da praia um aviso, redigido em várias línguas, alertando para este facto».