Lagoa requalifica zonas de acesso à Praia da Marinha

  • Print Icon

Obras de requalificação do acesso à Praia da Marinha já começaram e devem estar concluídas no outono.

Um passeio, paralelo a toda a via de acesso, mas com uma cota superior à da estrada, para proteger a segurança dos peões e evitar o estacionamento abusivo, é uma das novidades que a obra, levada a cabo pela Câmara Municipal de Lagoa, vai trazer à entrada da Praia da Marinha.

A zona da falésia vai receber um novo miradouro suspenso, «que promete uma interação privilegiada com toda a envolvente natural, bem conhecida pela sua extraordinária beleza», afiança a autarquia.

A preservação e salvaguarda do ecossistema ambiental «foi a primeira preocupação do projeto que não prevê alteração dos elementos naturais existentes, nomeadamente da vegetação. Pretende-se mesmo minimizar a pegada ecológica e evitar a intrusão dos veículos em meio natural», detalha a edilidade lagoense em nota de imprensa.

O reordenamento do estacionamento é outra melhoria a resultar desta intervenção. São 114 lugares que ficam disponíveis nesta zona requalificada. Deste total, 78 situam-se na zona norte, sendo três deles destinados a autocarros. Os outros 36 lugares localizam-se na zona sul da área. Destes, um dos lugares é reservado a cargas e descargas, dois a veículos prioritários e outros dois a utilizadores com mobilidade reduzida. Esta zona, que também terá espaço para velocípedes, será ainda dotada de um pavimento diferenciado dos restantes com o objetivo de conferir maior embelezamento ao lugar.

Está igualmente prevista uma área para os vendedores ambulantes, não estando esquecidas as novas ilhas ecológicas e papeleiras «estrategicamente colocadas».

O custo da obra situa-se nos 432493,81 euros. O procedimento de contratação pública foi iniciado em agosto de 2019 e visado pelo tribunal de contas em maio de 2020. O prazo de obra é de 150 dias.

A construção de infraestruturas de saneamento básico e a rede de drenagem de águas pluviais também está contemplada, sendo que a iluminação pública e ramais de abastecimento de eletricidade tinham sido já previamente assegurados.

Esta obra de requalificação do acesso e estacionamento da Praia da Marinha incide numa área de cerca de 12700 metros quadrados. É de esperar «que contribua para aumentar o já elevado reconhecimento desta praia, considerada por entidades nacionais e internacionais como uma das mais belas do mundo».