Jovens de Lagoa celebraram a Paz Internacional com as «mãos no barro»

  • Print Icon

Artes plásticas abriram caminho a uma reflexão dos jovens sobre direitos humanos e cidadania.

Foram quase quatro dezenas as crianças e jovens do concelho de Lagoa que meteram as mãos no barro, nas tintas e em materiais que reciclaram, para celebrar o Dia Internacional da Paz, na Escola de Artes Mestre Fernando Rodrigues.

Nos dias 27 e 28 de julho, 17 e 18 de agosto e 21 de setembro 2020, modelar barro, criar gravuras e ilustração com materiais reciclados, experimentar diferentes técnicas de pintura, descobrir ferramentas e linguagens criativas, foram os modos de comemoração do Dia Internacional da Paz.

Estas atividades contaram com a colaboração da jovem Domingas Veiga, residente em Lagoa, que partilhou com os participantes a sua experiência de modelo e de embaixadora da Paz e dos Direitos Humanos em Portugal, bem como o seu percurso pessoal e ambições profissionais.

Associado à iniciativa «Network of Role Models – rede de modelos inspiradores», promovida pela Câmara Municipal de Lagoa, este programa de sensibilização de jovens para os direitos humanos e para as artes plásticas envolveu 39 crianças e jovens, com idades compreendidas entre os seis e os 19 anos.