IPDJ Faro mostra plantas invasoras pelo pincel de Maria Manuel Santos

  • Print Icon

Exposição «Belas Silenciosas – Plantas Invasoras».

A galeria de exposições da Direção Regional do Algarve do Instituto Português do Desporto e Juventude, em Faro, recebe a exposição de pintura «Belas Silenciosas – Plantas Invasoras», de Maria Manuela Santos, até ao dia 21 de outubro, de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 17h00.

Este é, segundo a autora, «um registo de um conjunto de belas espécies vegetais que nos rodeiam no dia-a-dia, à semelhança das imagens femininas que ocultam a sua beleza através de um véu que silenciosamente vão proliferando e ocupando espaço, cada vez mais».

A exposição é composta por «simples pinturas (30×40) impregnadas de tonalidades fortes e formas vivas reconhecíveis, que gritam à consciência de cada um de nós, para dar a conhecer e alertar para a necessidade de preservar habitats e espécies vegetais autóctones e lutar contra um problema que desequilibra os ecossistemas e afeta a biodiversidade negativamente – as plantas invasoras».

Maria Manuela Santos nasceu em 1963, em Angola. Frequentou a Universidade de Évora onde estudou Arquitetura Paisagista. Não seguiu o caminho das artes mas estudou ciências naturais e hoje conjuga, assim, a natureza e a arte.

Esta mostra está integrada no programa de atividades da SEIVA 2020 – Semana de Educação e Iniciativas de Voluntariado Ambiental, promovida pela Agência Portuguesa do Ambiente, através da sua ARH do Algarve (APA-ARH Algarve) no âmbito do projeto «Voluntariado Ambiental para a Água» cujo tema proposto é: «Água e Biodiversidade – Da teoria à Prática».