Homem detido em Portimão por agredir e extorquir a própria mãe

  • Print Icon

Suspeito praticava agressões psicológicas «constantes».

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Portimão, da Guarda Nacional Republicana, deteve ontem, terça-feira, 31 de março, na cidade do Barlavento algarvio, um homem de 46 anos por violência doméstica e extorsão.

A ação foi efetuada na sequência de um mandado de detenção, no âmbito de uma investigação iniciada «após uma denúncia relativa a eventuais agressões psicológicas do suspeito sobre a mãe, de 64 anos».

As agressões terão sido constantes nos últimos anos, o que levou a vítima a deixar a casa onde ambos viviam.

O suspeito, «consumidor de produtos estupefacientes, exigia-lhe dinheiro frequentemente e de forma violenta, tendo sido detido pela prática reiterada dos crimes de violência doméstica e de extorsão».

Presente ao Tribunal Judicial de Portimão, «foram-lhe aplicadas as medidas de coação de proibição de se aproximar da vítima e de a contactar por qualquer meio».