Faro combate solidão dos seus idosos com «Palavras que Abraçam»

  • Print Icon

Projeto surgiu para contornar o distanciamento imposto pela pandemia.

A Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa, em parceria com a Plataforma Saúde em Diálogo (ESD), promove o projeto «Histórias Contadas, Sorrisos Partilhados, que visa promover a ocupação saudável dos tempos livres dos idosos recorrendo e apoiando o trabalho com voluntariado.

Na impossibilidade de manter o convívio regular com as 25 senhoras inscritas no Projeto, devido às restrições impostas pela pandemia COVID-19, foi criada a rubrica «Palavras que Abraçam», com o envio mensal de uma carta e um caderno de atividades lúdicas para estimulação cognitiva e ocupação saudável dos tempos livres. Para além do contacto por carta, as utentes do projeto são contactadas por telefone semanalmente, de forma a minimizar a solidão.

Desde 2018 que a Biblioteca dinamiza um conjunto de propostas de atividades que promovem o envelhecimento ativo, a ocupação dos tempos livres e bem-estar dos idosos, recorrendo ao voluntariado.

As rubricas mensais são várias, tais como o Clube da Agulha, Respiração e Relaxamento, Saberes e Sabores, Yoga para todos, Massagem de relaxamento, Mimus Manicura e Momentos – uma atividade intergeracional.

Os objetivos destas atividades, que se destinam em particular ao público sénior, passam por combater a sua exclusão e assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, promovendo oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos. Inserem-se nas metas de sustentabilidade da Agenda 2030, definidas pelas Nações Unidas.