Farense doa 100 mil euros para combate à COVID-19 no Algarve

  • Print Icon

Verba ajudará na aquisição de material essencial para a luta contra a doença.

O Sporting Clube Farense, em conjunto com empresas suas parceiras, doou na passada sexta feira 100 mil euros ao Algarve Biomedical Center para a aquisição de material e equipamento fundamental para o tratamento dos pacientes infetados com COVID-19.

Para além disso, encomendou também 10 monitores recomendados pela própria estrutura hospitalar e tidos como «basilares para a monitorização de pacientes ventilados», bem como 1000 máscaras de proteção para os profissionais de saúde.

O Sporting Clube Farense mantém ainda constante contacto e articulação com a direção do Centro Hospitalar Universitário do Algarve e Câmara Municipal de Faro com vista à utilização dos seus espaços nesta altura de necessidade premente.

Fonte do clube referiu que «tudo isto se espera apenas servir de exemplo e mote para a mobilização de outras entidades em torno da supressão das necessidades dos hospitais do país. Esta é uma luta de todos, onde a importância de não sair de casa, a não ser por motivos de excecional importância, é tão grande quanto a necessidade de outras instituições se chegarem à frente nestes momentos de falta».

O clube acrescentou ainda que «nem todas as grandezas são de coisas grandes. O altruísmo tem várias formas, mas é na sua maior simplicidade que revela as suas maiores dimensões. Por isso, para quem possa ajudar, que o faça! Chegou o momento!», deixando um apelo para os restantes: «Fiquem em casa! É tempo de respeitar, mais que nunca, o esforço daqueles que não o podem fazer, permitindo-nos manter a nossa sociedade em andamento e abdicando da sua segurança em prol da nossa».