Estômbar recebe dois espetáculos do Festival Internacional de Guitarra

  • Print Icon

Miguel Amaral & Yuri Reis e Jesús Guerrero Cuarteto atuam em Estômbar, dois concertos integrados no 7º Festival Internacional de Guitarra de Lagoa.

O Parque Municipal do Sítio das Fontes, em Estômbar, recebe no próximo domingo, dia 27 de setembro, às 17h30, dois concertos integrados no 7º Festival Internacional de Guitarra de Lagoa. Ao palco sobem Miguel Amaral & Yuri Reis e Jesús Guerrero Cuarteto.

Miguel Amaral (guitarra portuguesa) e Yuri Reis (violão de sete cordas) são ambos músicos a viver no Porto e da amizade e cumplicidade musical nasce o primeiro CD em conjunto. Trata-se de «Saudade», um trabalho feito de Choros, Valsas e Guitarradas que formam um só país musical.

Surge assim uma música que parece ter nascido no mesmo berço. Retrata 500 anos de história e uma profunda afinidade. Como as palavras, também as notas foram escritas na mesma língua. Miguel Amaral e Yuri Reis fundem repertório português e brasileiro neste novo e primeiro CD em conjunto.

Do repertório de «Saudade» fazem parte temas clássicos para guitarra portuguesa e outros emblemáticos do violão de sete cordas, bem como três temas originais: «Fado Barroco», da autoria de Mário Laginha; «Três Marias», de João Camarero, e «Caprichosa», de Pedro Amorim.

Já Jesús Guerrero nasceu em 1985, em San Fernando (Cádiz), Espanha. Começou a tocar violão aos onze anos, sob a tutoria do mestre José Luis Balao.

O virtuosismo natural de Jesús com o instrumento e a sua criatividade musical levaram-no a ser uma das figuras mais procuradas da atual música flamenca, apresentando-se com o seu trio, em dueto com a grande cantora Alba Carmona ou ajudando outros cantores, como Nina Pastori e Miguel Poveda, com os seus discos e espetáculos ao vivo.

Em 2016, lançou «Calma», o seu primeiro álbum a solo, demonstrando a sua versatilidade musical. Espírito inquieto e artisticamente versátil, Jesús Guerrero é um dos mais talentosos guitarristas do atual cenário da música flamenca.

Os espetáculos realizam-se cumprindo com todas as normas de segurança e higiene, em recinto ao ar livre, ainda que delimitado, de acordo com as normas da DGS e planos de contingência criados para o efeito. De salientar ainda a obrigatoriedade do uso de máscara.

Os ingressos custam oito euros (desconto de 20 por cento mediante apresentação do Passaporte Cultural, Cartão Lagoa Social ou Rota do Petisco 2020 ) e podem ser adquiridos atempadamente no Centro Cultural do Convento de S. José, em Lagoa, de terça-feira a sábado, entre as 9h00 e as 12h30 e entre as 14h00 e as 17h30, bem como nas lojas Fnac, Worten e online, aqui. Há ainda a possibilidade de adquirir ingressos no dia e local do evento, a partir das 16h30.

Toda a informação sobre o 7º Festival Internacional de Guitarra de Lagoa pode ser consultada aqui.