Docapesca quer reforçar segurança nos portos de Quarteira de Olhão

  • Print Icon

Empresa vai instalar câmaras e luminárias LED.

A Docapesca lançou dois concursos públicos que visam o reforço das condições de segurança dos portos de pesca de Quarteira e de Olhão, com preços base que totalizam 58 mil euros.

O concurso para o porto de pesca de Quarteira, com o preço base de 31 mil euros, prevê o fornecimento e montagem no molhe interior de oito colunas com luminárias LED e a expansão do atual sistema de videovigilância (CCTV), com a instalação de mais seis câmaras (três fixas e três móveis).

No caso do porto de pesca de Olhão, o concurso tem o preço base de 27 mil euros e contempla o fornecimento e montagem de um sistema de videovigilância com 10 câmaras (sete fixas e três móveis).

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A. é uma empresa do Setor Empresarial do Estado, tutelada pelo Ministério do Mar, que tem a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao setor da pesca e respetivos portos, dispondo de 22 lotas e 37 postos.