Detido em Albufeira por apedrejar, sufocar e impedir mulher de comer

  • Print Icon

Agressões duravam há vários anos.

A Guarda Nacional Republicana de Albufeira procedeu na sexta-feira, dia 17 de julho, à detenção em flagrante delito de um homem de 57 anos por violência doméstica, na freguesia da Guia.

O alerta foi dado «por um cidadão que ouviu gritos provenientes de uma habitação, pelo que os militares da Guarda deslocaram-se de imediato ao local e constataram que o homem estava a apertar o pescoço à vítima, sua mulher, de 55 anos».

O agressor foi detido e a vítima, que apresentava hematomas e escoriações em diversas partes do corpo, foi transportada para o Centro de Saúde de Albufeira, a fim de receber tratamento adequado.

Após efetuadas diligências de investigação, «apurou-se que o detido tinha impedido a vítima de se alimentar desde a tarde do dia 16 de julho e que esta sofria de violência física e psicológica há vários anos, sendo algumas das agressões perpetradas com recurso a uma pedra».

O agressor foi constituído arguido e permaneceu detido até ser presente ao Tribunal de Portimão, no sábado, dia 18 de julho, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contacto e de aproximação da vítima e da sua residência, num raio de 200 metros, medida controlada com suporte a meios eletrónicos (pulseira eletrónica).