Columbus apresenta serviços inéditos e leva barman ao domicílio

  • Print Icon

Denomina-se barman at home e leva a qualquer habitação ou empresa, um dos barmen do Columbus e a confeção de coktails no local, com todas as medidas de segurança. A ideia é transformar um espaço informal numa área de convívio entre amigos ou familiares, com a garantia de qualidade daquele estabelecimento farense.

Há 16 anos que na baixa da capital algarvia surgiu o Columbus Cocktail & Wine Bar. Hoje é uma assinatura forte e enraizada não só na região, como a nível nacional, vencedora de diversos prémios e distinções.

De acordo com o diretor executivo da empresa EQEPEC, Miguel Gião, a pandemia do novo Coronavírus, foi uma oportunidade para a marcar, de novo, a diferença.

Surgiram assim, em junho, dois serviços únicos em Faro. O primeiro denomina-se barman at home e leva a qualquer habitação ou empresa, um dos barmen do Columbus e a confeção de coktails no local, com todas as medidas de segurança.

A ideia é transformar um espaço informal numa área de convívio entre amigos ou familiares, com a garantia de qualidade daquele estabelecimento.

«Tudo começou com a ideia de manter o funcionamento do bar, os postos de trabalho e evitar a todo o custo festas ilegais e ajuntamentos» que não respeitam as normas de segurança.

«Queríamos disponibilizar os nossos profissionais, e o nosso produto, sem fazer o típico take-away. Não queríamos ser mais um, mas sim fazer algo fora da caixa e inovador. Surgiu assim a ideia de levar o nosso serviço a casa dos clientes, até porque era algo que já nos pediam», conta o CEO.

Nasceu assim um menu chave na mão, onde o cliente só tem de escolher um dos três barmen disponíveis e o tipo de bebidas pretendidas.

O bar encarrega-se de tudo o resto desde copos, gelo e bebidas.

De realçar que uma das opções, o profissional João Rodrigues, já venceu diversos prémios, incluindo o de Melhor Bartender Português.

Entre a lista de oferta há vários cocktails, gins, vodkas ou outras bebidas personalizadas ao gosto do cliente.

A melhor parte é que há até opções para os mais novos com sumos, gomas, marshmallows e copos caraterizados.

O único critério é que a festa não pode ter mais de 10 pessoas. O preço começa nos 150 euros, mas varia consoante o número de horas e bebidas a servir.

Segundo Gião, este é um conceito que se apresenta como «um presente aos clientes que de repente se viram privados de frequentar o bar da forma que estavam habituados e o feedback tem sido positivo».

João Rodrigues.

O outro projeto que surgiu também em período de desconfinamento trata-se de uma cesta de piquenique, para um petisco em qualquer local.

Dentro do cesto encontram-se queijos, charcutaria, fruta e uma sangria, feita na hora, para dois.

«É ideal para assistir a um por do sol e no fim nem precisam de devolver a cesta», revela o empreendedor. Este é um serviço que tem o custo de 20 euros.

Para efetuar qualquer uma das reservas basta contactar através de telefone (969286222).