Centro Porsche Faro apresentou o super elétrico TAYCAN Turbo S

  • Print Icon

Pode uma bateria conter toda a emoção de um Porsche? Sim, pode e quem esteve na sexta-feira, dia 28 de fevereiro no Centro Porsche Faro (CPF) para assistir ao espetacular lançamento do novíssimo TAYCAN Turbo S pôde ver de perto como a mais recente tecnologia de propulsão é capaz de nos levar dos 0 aos 100km/h em 2,8 segundos, envolvidos na emoção e no prazer de condução que só um Porsche é capaz de nos proporcionar.

»De facto, não podíamos sonhar com melhor arranque para o fim de semana, já que o CPF preparou um entardecer memorável, juntando cerca de uma centena de clientes e apaixonados pela alma Porsche, para destapar o coração elétrico da marca», disse José Barros Rodrigues, anfitrião do evento, e responsável pela gestão do CPF.

José Barros Rodrigues é também doutorado em história da tecnologia, explicou como este modelo TAYCAN, sendo um produto da engenharia do séc. XXI é, ao mesmo tempo, a celebração de um ciclo iniciado nos finais do séc. XIX, quando Jacob Lohner, construtor de carruagens, «enveredou pelo caminho de produzir automóveis, primeiro com motor de combustão, depois utilizando motores elétricos e, finalmente, dando primazia ao conceito da tecnologia mista, hoje conhecida como híbrida, numa extraordinária premonição do futuro da indústria, envolvendo o jovem Ferdinand Porsche nessa aventura, que ele passou a liderar tecnicamente».

A nova máquina, equipada com a mais recente tecnologia de propulsão, garante que a sua potência possa ser reproduzida muitas vezes: dois motores síncronos de interação permanente (PSM) com uma potência de até 560 kW (761 CV).

Além disso o Taycan Turbo S também possui outras qualidades estéticas que representam a funcionalidade, a aerodinâmica e o caráter desportivo.

E se estas são caraterísticas evidentes da alma Porsche, «agora podemos juntar-lhes o coração elétrico do Taycan, cuja bateria armazena arrepios de pele, até no carregamento: com a sua arquitetura de 800 volts, é possível atingir uma potência de carregamento até 270 kW. Desta forma, é possível em 5 minutos carregar o equivalente a uma autonomia de até 100 km (WLTP) sob condições ideais».