Câmara Municipal de Faro confirma buscas da Polícia Judiciária

  • Print Icon

Em resposta às diversas solicitações de órgãos de Comunicação Social e cumprindo o seu dever de transparência, a Câmara Municipal de Faro informa que durante o dia de hoje, 9 de Julho, esteve presente nas instalações da Câmara Municipal de Faro e da Ambifaro, Gestão de Equipamentos Municipais – Empresa Municipal, uma equipa de inspetores da Polícia Judiciária, munida do competente auto de busca.

No decorrer das diligências foram solicitados diversos documentos relativos à actividade da autarquia e da empresa municipal, bem como comunicações electrónicas – elementos que foram prontamente cedidos pelos serviços.

Foram ainda integralmente respondidas todas as questões formuladas pelos inspetores ao vice-presidente da autarquia Paulo Santos e à presidente da Ambifaro, EM, Sandra Ramos.

Em comunicado enviado à imprensa, o presidente da Câmara Municipal de Faro Rogério Bacalhau declara «a total disponibilidade da autarquia para colaborar sempre com as autoridades e reitera a sua confiança em todos os elementos que compõem o Executivo Municipal, Gabinete de Apoio, Empresas Municipais e Serviços Camarários.

Operação «Mercado Aberto»

Também a Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul, no âmbito de uma investigação em curso, tutelada pelo DIAP de Faro, confirma que levou a efeito no dia de hoje, uma operação policial com o cumprimento de buscas domiciliárias e não domiciliárias, na autarquia de Faro, numa empresa municipal da mesma cidade, bem como em escritório de advogado.

Em causa estão crimes de participação económica em negócio, corrupção passiva e ativa, peculato, prevaricação e abuso de poderes.

Foram constituídos quatro arguidos, prosseguindo a investigação para determinação de todas as condutas criminosas, seu alcance e respetivos agentes.